H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Professor Afonso

Desenvolvimento cultural

Prof. José Afonso de Oliveira

A criação de grupos culturais de teatro, cinema, música, coral, entre outros, é algo muito importante para a vida nas nossas cidades. Em Foz do Iguaçu, de uma forma mais ampla e melhor, dentro do contexto da globalização, podemos e devemos trabalhar em conjunto com os nossos vizinhos, argentinos e paraguaios, com a finalidade de ampliarmos e vivermos melhor toda a nossa cultura latino-americana.

É certo que para nós brasileiros isso é um pouco mais difícil, dadas as nossas origens portuguesas e não espanholas, o que também implica problemas de comunicação, pois mesmo que próximas nossas linguagens são distintas.

Mas creio que aqui o melhor e maior destaque é exatamente a possibilidade de criar esses grupos culturais já visando à integração com nossos vizinhos. Isso hoje passa a ser um componente muito importante e significativo, quer por possibilitar maior empregabilidade, tanto quanto uma aproximação da cultura para com todo o nosso povo.

Podemos inclusive inovar criando grupos específicos nas cidades em que estamos vivendo. Por exemplo, a criação de um grupo de teatro, em Puerto Iguazú, na Argentina, um grupo de cinema em Ciudad del Este, no Paraguai, e um grupo de música em Foz do Iguaçu. Isso possibilitaria um trabalho inédito em termos globais, permitindo assim um maior crescimento e desenvolvimento desses grupos culturais.

Em momento significativo do ano, como nas férias de julho, esses grupos organizariam nas três cidades uma série de apresentações que, em rodízio, passariam pelas cidades incrementando o setor de turismo e envolvendo todos os habitantes em trabalhos culturais.

Vale destacar que a cultura é sempre o cimento da vida social exatamente por aproximar as pessoas, revelar o pensamento social dos habitantes de determinada região e, acima de tudo hoje, contrapor-se a toda uma cultura eletrônica que divide e separa as pessoas no seu individualismo. Assim a cultura também é muito importante como forma de acentuar as nossas vivências sociais.

Certamente o começo será bem difícil e árduo, até porque não existem experiências desse tipo de organização cultural no mundo agora globalizado, no entanto é muito importante iniciarmos esse trabalho, que terá vida própria e um grande impacto em nossa cidade e região. Muitos turistas chegarão as nossas cidades para participar desses eventos, sendo assim constituídos novos atrativos que vão expandindo-se de acordo com as necessidades que vão surgindo.

* José Afonso Oliveira é professor e sociológo em Foz do Iguaçu.