H2FOZ - Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Professor Afonso

Educar sempre

Prof. José Afonso de Oliveira

Ver os resultados do IDEB sobre as escolas municipais de Foz do Iguaçu é gratificante, motivo de grande orgulho especialmente neste momento de crise em que estamos vivendo. Pensar que, apesar de tudo e contra tudo, os nossos alunos, pais, professores, diretores e funcionários são capazes de uma obra desse porte, fazer com que as nossas escolas ensinem os nossos alunos a viverem bem e terem já os primeiros conceitos científicos em vários e diferentes setores.

Como isso é bom e faz um bem danado, qualificando esse trabalho como sendo a maior obra, a mais significativa de nossa cidade. Claro que isso vem de algum tempo atrás, mas felizmente vem mantendo-se.

No imaginário social todos sabemos e temos ciência de que a única coisa que deixamos para os nossos filhos, para as gerações que nos sucederão, diz respeito, muito de perto, da educação. Educar é algo que fazemos no presente, mas sempre com os olhos postos no futuro buscando aquilo que todos almejamos, que é a felicidade.

A educação é um trabalho não material, intelectual, por excelência, porém que abre sempre muitas e infindáveis perspectivas de realizações de sonhos, utopias, desejos de viver bem, enfim, tudo aquilo que se costuma generalizar como sendo a felicidade.

Mas sendo imaterial, não quer dizer que não seja importante, muito pelo contrário, é por isso mesmo de suma importância, e sua realização requer intenso aprendizado, uma gama enorme de conhecimentos, habilidades, práticas no quotidiano de nossas escolas.

Se estamos buscando uma sociedade mais justa, harmoniosa, melhor para todos, estamos no caminho certo à medida que a nossa educação começa a mostrar sinais positivos de avanços, permitindo que todos tenhamos a certeza de uma sociedade muito melhor em futuro próximo.

A educação, contudo, abre as perspectivas importantes para o belo, a estética, que é tão importante na vida de todas as pessoas. A música, pintura, teatro, fotografia, cinema, as paisagens naturais, as concepções diferentes de vida e de mundo, de perspectivas novas, inovadoras, enfim, de tudo aquilo que diz respeito às ideias e que faz parte integrante do imaginário social, muito vivo no inconsciente coletivo que todos nós carregamos na nossa cultura.

Propugnar pelas melhorias educacionais é lutar sempre por uma sociedade mais plena que possibilite a realização de inúmeras ações humanas realizadoras dos ideais de felicidade para todos.

José Afonso de Oliveira é professor e sociólogo em Foz do Iguaçu.