Meteorologia garante: chuvas de março vão mesmo fechar o verão

O amanhecer desta sexta-freira, em Foz, pela lente de Patrícia Iunovich, que postou em sua página no Facebook.

Chove nesta sexta-feira, 18, em Foz do Iguaçu, garantem 5 serviços meteorológicos.

O iguaçuense que levantou cedinho, nesta sexta-feira, 18, pode até duvidar. Mas há unanimidade nas previsões pra hoje: chove.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

E uma boa chuva: 18 milímetros, de acordo com o Simepar. Ou 35 milímetros, para o Climatempo. Já o AccuWeather aposta em meros 11,6 mm.

Se a previsão de todos os serviços se confirmar, esta chuva, que prossegue no sábado e – conforme alguns deles – até no domingo, irá “fechar o verão”. A estação termina exatamente às 12h33 de domingo, 20, quando começa o outono, que prossegue até 21 de junho.

Outra unanimidade anterior, a de que as temperaturas cairiam a partir de hoje, foi por terra. Depois da máxima que pode ficar entre 32 e até 34 graus (a exceção é o Simepar, com apenas 27°, hoje), temperaturas “caem” pra 30° ou 31°, no sábado.

Só o Sistema Faep indica máximas de fato baixas, com 26° no sábado e 23° no domingo.

As previsões de cinco serviços – Sistema Faep, Inmet, Climatempo, AccuWeather e Simepar – voltam a ficar muito semelhantes a partir de terça-feira, quando a temperatura máxima cai para todos e fica entre 28° e 29°. Pela maioria, semana inteira será mais fresca que a atual.

Mais uma do amanhecer, agora com orvalho e através de um plástico atravessado no caminho. Foto: Patrícia Iunovich/Facebook

TEMPORAL NO PARAGUAI

Até é de estranhar um pouco, mas a chuva desta sexta-feira vem sem temporal. Pelo menos não há alerta nenhum do Inmet, até agora, nem pra Foz e nem para o Paraná.

Já a Direção de Meteorologia do Paraguai divulgou um aviso especial sobre possibilidade de tempestades elétricas e ventos que podem chegar a até 120 km por hora, em vários departamentos, inclusive o vizinho Alto Paraná (cuja capital é Ciudad del Este).

A primeira área atingida, entre a manhã desta sexta-feira e o amanhecer de sábado, abrange Itapúa, centro e Leste de Caazaá, Guairá, Caaguzú, Cordillera, San Pedro, Alto Paraná, centro e norte de Presidente Hayes e centro e norte de Boquerón.

A partir da tarde desta sexta, até a tarde de sábado, os temporais ampliam o alcance para os departamentos de Canindeyú, Concepción, Amambay e Alto Paraguay.

Chuva pode acumular entre 70 e 100 milímetros, com possibilidade de granizo, de forma pontual, e alta frequência de raios.

ARGENTINA

A Meteorologia da Argentina também anuncia possibilidade de chuva para a vizinha Puerto Iguazú, nesta sexta-feira. Fecha-se, então, o círculo do tempo: previsão é de chuva nos três lados da fronteira.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.