No fim de semana, o sol volta com força a Foz do Iguaçu. E idem o calor

Antes de o sol nascer, luz das ruas dá um toque especial às nuvens. Foto Patrícia Iunovich

Chuva e frescor agradável terminam já nesta sexta-feira. Tudo volta ao “normal”, agora. Pouca chuva na semana que vem.

A leve queda na temperatura, de quinta pra esta sexta-feira, 19, não vai persistir, em Foz do Iguaçu. Mínima e máxima vão subir, principalmente no domingo.

Numa consulta às previsões de sete serviços de meteorologia, todos são unânimes com céu limpo ou com poucas nuvens no final de semana, com temperaturas em elevação.

Todos coincidem, também, que a semana que vem será seca ou quase isso. No caso da chuva, não há unanimidade em relação aos dias em que pode cair. Mas será em um ou no máximo dois dias.

Climatempo: sol com poucas nuvens, no sábado, e limpo no domingo. Amanhã, mínima de 16 e máxima de 31°. No domingo, mínima de 18 e máxima de 33°. Na semana que vem, pode chover só na sexta-feira, 26.

Veja as coincidências e as diferenças:

Inmet: sol no sábado e no domingo. No sábado, mínima de 17 e máxima de 31°; no domingo, varia entre 19 e 32°. Previsão de chuva leve pra próxima terça-feira, 23.

Simepar: sol nos dois dias. Mínima de 15 e máxima de 29°, no sábado, e de 20 e 31°, no domingo. Semana mais seca, com chuva só na quinta-feira, 25.

Tempo Agora: sol sábado e domingo. No sábado, mínima de 16 e máxima de 31°; no domingo, varia entre 18 e 33°. Se chover na semana, será apenas no domingo, 28.

CPTEC/Inpe: pro sábado, sol, com mínima de 17 e máxima de 32°; sol pro domingo, com 18 e 33°, respectivamente. Semana seca, com probabilidade de chuva apenas pro domingo, 28.

AccuWeather: no sábado, temperaturas variam entre 17 e 32°; no domingo, entre 20 e 34°. Sol nos dois dias. Na semana, pode chover na quinta e na sexta-feira.

Sistema Faep: céu limpo sábado e domingo. Mínima de 15 e máxima de 31° no sábado; e de 19 e 33° no domingo. Previsão de chuva na quinta e sexta-feira.

O ECLIPSE

Apesar de muitas nuvens, iguaçuenses se programaram para acordar de madrugada (ou ficaram acordados até lá) pra assistir ao eclipse parcial da lua, que começou depois das 4h e durou mais de três horas (foi o mais longo em 580 anos).

No Brasil, o Sul não foi a melhor região para assistir. Ele pôde ser visto melhor no Norte.

O eclipse lunar parcial ocorre quando o sol, a terra e a lua se alinham, e a lua passa pela sombra da terra. No eclipse lunar total, a lua inteira fica coberta pela sombra da terra e adquire uma coloração avermelhada (a chamada Lua de Sangue).

Quem perdeu o eclipse da madrugada, se tiver paciência assistirá outro igualzinho daqui a menos de 600 anos. Mas tem que ter mesmo um pouquinho de paciência…

Você fotografou? Se quiser e puder, mande fotos aqui pro H2FOZ. Ou será que ninguém em Foz do Iguaçu registrou o eclipse?

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1160 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.