Nos últimos dias de janeiro, vai chover o que não choveu no mês inteiro

A fonte do Marco das Três Fronteiras: onde tem água, todo mundo gosta! Foto Instagram (@aliporondepassamos)

Pode não ser chuva farta, mas todos os meteorologistas apostam em dias menos secos. E até em uma sexta-feira mais fresca.

Sabe quando os meteorologistas falam a mesma coisa? Quando as previsões são praticamente unânimes? Pois é, estamos assim pros próximos dias.

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Claro que, de um serviço pra outro, há diferenças e até divergências. Mas, se a gente atentar naquilo em que coincidem, vai acreditar mesmo que janeiro terminará bem diferente do que foi desde que começou: seco e com calor infernal.

Todos os serviços preveem chuva para os próximos dias. E quase todos acrescentam uma queda na temperatura, na quinta-feira, 27. Mas não há unanimidade, existe este “quase” pra atrapalhar.

AS PREVISÕES

Sistema Faep: chove diariamente, já a partir desta terça-feira, até o sábado. Domingo nublado e segunda-feira, dia 31, com chuva. Temperatura cai para 29 graus na sexta-feira.

Simepar: chove de quarta a sábado e, depois de um domingo ensolarado, chove na segunda-feira, dia 31. No total, precipitação deve acumular em 30 milímetros. Temperatura na sexta-feira desce pra 27 graus.

Inmet: chuva diária desta terça a sábado, quando encerra a previsão deste serviço, via internet. Temperatura permanece como está, isto é, nas alturas. Na sexta-feira, máxima de 37 graus.

CPTEC/Inpe: vai chover diariamente, de quinta-feira a segunda-feira da semana que vem, último dia do mês. Temperatura desaba para 27 graus na sexta-feira.

AccuWeather: nesta terça e na quarta, “tempestade em partes da região”. Na quinta e sexta, pancadas de chuva e tempestades; no sábado, chuvas ocasionais e uma tempestade. E a temperatura desce pra 29 graus na sexta-feira.

Climatempo: nesta terça, pancadas de chuva à tarde e à noite. Na quinta e na sexta, chuva rápida durante o dia. No sábado, nublado, “com chuva a qualquer hora”. Pancadas de chuva no domingo e na segunda-feira. Apenas no sábado a temperatura fica abaixo de 30 graus.

Veja que previsão simpática! Esta é do Sistema Faep. Possibilidade de chuva muito alta na quarta, quinta e sexta. O resto é só por sorte.

E TAMBÉM NO PARAGUAI

A Direção de Meteorologia e Hidrologia do Paraguai anuncia chuvas a partir desta quarta-fgeira, 26, em quase todo o país.

E desta vez as probabilidades são altas, como noticia o Última Hora. “As precipitações que esperamos vão ser generalizadas, 80% a 90% do país vai receber chuvas e em um importante acumulado”, disse ao jornal o meteorologista Julio Ayala.

Ele explicou que um sistema de tempestades entraria no Paraguai na quarta e persistiria pelo menos até a quinta-feira. Em alguns lugares, continuaria durante todo o fim de semana.

Na quinta, ventos do Sul vão provocar uma leve queda nas temperaturas, que nas últimas duas semanas, principalmente, estão no extremo.

O QUE DÁ PRA ACREDITAR

Pra lembrar como é: chuva boa em Foz, sem causar estragos, mas do jeito que todo mundo quer. Foto publicada no site do Climatempo.

Esta unanimidade na volta da chuva, inclusive no Paraguai, traz esperança de que de fato o mês se recomponha, tome uma atitude e não fique apenas deixando os dias secos e quentes passarem.

Afinal, janeiro não é um mês seco. A média histórica de chuvas neste mês, em Foz, é de 166 milímetros.

E confira as temperaturas: máxima histórica é de 30,7 graus; média da temperatura no mês é de 26,5 graus; e a mínima histórica é de 23,2 graus.

Neste janeiro que vivemos, provavelmente só a mínima é que foi honrada, atendendo à história. A máxima ficou sempre colada nos 40 graus. E chuva? Pouco, tão pouco que ninguém vê. É só um chove (pouquinho) ali e não aqui.

Vamos lá, janeiro! Torcemos pra esta nova postura, a partir de hoje, amanhã ou quinta-feira. Que as torneiras do céu reabram. E que os portões do inferno se fechem, pra não vazar tanta quentura.

Amém!

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.