Passou perto: alerta de temporal não atingiu Foz, mas pegou Ciudad del Este

Os estragos em Ciudad del Este não foram generalizados, mas isso não deve consolar a dona do carro. Foto: Última Hora

O alerta teve início às 12h de segunda-feira, 21, e termina agora, às 10h desta terça.

Passou despercebido e, felizmente, o temporal não atingiu Foz do Iguaçu. Mas havia um alerta amarelo para tempestade, numa região que incluía Foz do Iguaçu (todo o Oeste e Sudoeste).

WHATSAPP – Assine a nossa linha de transmissão.

TELEGRAM – Entre em nosso grupo.

Aviso era para possibilidade de chuva forte (entre 20 e 30mm por hora) e ventos intensos (entre 40 e 60 km por hora).

Como o Instituto Nacional de Meteorologia não tem acertado nesses alertas, provavelmente ninguém ligaria. Mas é bom não ser tão descrente.

Na vizinha Ciudad del Este, um forte temporal causou estragos na 7ª delegacia, derrubando parte do teto e também a torre da antena de rádio-base. Ninguém ficou ferido.

No bairro Ciudad Nova, uma árvore caiu sobre um Toyota Corolla, mas também só houve danos materiais.

Além do alerta do Inmet para Foz, Ciudad del Este estava entre áreas que poderiam ser afetadas por temporais, conforme informou a Direção de Meteorologia do Paraguai.

Na delegacia, caiu a torre de rádio e parte do teto foi destruída. Foto: Última Hora

MUDANÇA NO TEMPO

Depois de tantos dias de estiagem, parece que a tendência é de mudança no tempo, em Foz do Iguaçu. Afinal, choveu no domingo (pouco) e na segunda-feira, moderadamente.

Pra esta terça, quarta e quinta, o Inmet prevê pancadas de chuva e trovoadas.

O Simepar prevê chuva pra esta terça e pra sexta-feira. Nos dois dias, chuva leve.

O Climatempo anuncia pancadas de chuva diárias até sábado, todos os dias.

Já o CPTEC/Inpe vê chance alta de chover no sábado (70%), enquanto o AccuWeather vai na contramão. Sem chuva à vista.

O AccuWeather está sozinho, porque o Sistema Faep diz que a possibilidade de chover hoje é alta (91%). Diminui, mas ainda pode chover no sábado e domingo.

São previsões diferentes das que se viam até dias atrás. Há esperança. Não de que a estiagem acabe, simplesmente, mas que arrefeça. Até as temperaturas melhoraram. Afinal, dois terços do verão já se passaram.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.