Uhuru Festival reúne bandas e discotecagem

Música da boa, sem muitos rótulos, sem privilegiar estilo assim ou assado. Essa é a proposta do Uhuru Festival, sábado, 4, num dos espaços mais alternativos de Foz. Sim, estamos falando do Estúdio Otroplano, antigho Taberna. O evento terá shows e discotecagem.

 

Evento será um caldeirão musical e  terá lançamento de CD

Música da boa, sem muitos rótulos, sem privilegiar estilo assim ou assado. Essa é a proposta do Uhuru Festival, que será realizado no sábado, dia 4, num dos espaços mais alternativos de Foz do Iguaçu. Sim, estamos falando do Estúdio Otroplano, onde antes funcionava o Taberna, próximo à antiga rodoviária.

O evento terá quatro shows, mais discotecagem com três dj’s. Mas não pense que o disc jockey apenas seleciona as músicas conforme o ritmo da festa. Sua virtuosidade é bem maior. Além de apertar botões, ele faz uma mistura de sons de várias vertentes até outra música, que dificilmente será idêntica à outra exibição. Isso torna cada apresentação única.

A noite terá as bandas iguaçuenses In Car Dummy, Our Mind, Nureason e Cheap Wine. A discotecagem ficará a cargo de Andrézinho, Goo e Caê. Bem, você continua querendo saber os estilos? Vamos lá. O caldeirão cultural vai do reggae, hip hop, dub, ska, rock, metal, hard core, jazz, samba, MPB e muita música de própria autoria dos artistas.

Fora o repertório realmente eclético, o festival terá o lançamento do disco da Nureason, malabaristas e sorteio de brindes. Será uma noite de muita paz e som de primeira, conta Carlos Eduardo Traven, mais conhecido como Caê, um dos organizadores da iniciativa.

A festa começa às 21h37 na Alameda Araxá, 58, próximo ao último ponto de ônibus da Rua Almirante Barroso. Os ingresso custam R$ 5,00. Ah, se você não conseguir aparecer lá, pode escutar toda agitação ao vivo pelo site www.planobrock.com.br. Mais informações pelos telefones (45) 3028-1355 e 3523-0168.

Loja – O festival é a continuidade de um trabalho cultural.  Junto com o amigo Alessandro Ramos da Cunha, o Ali, Caê administra a Uhuru, onde é possível encontrar modelos alternativos de roupas, cd’s, tênis, chaveiros e mais um monte de coisas. A loja tem ênfase na música. Nela, as pessoas podem ficar à vontade para ler, ouvir algo ou só pra conversar mesmo. Pra finalizar tem pirulito de graça e um monte de água na geladeira, brinca.

Dia – Carlos Eduardo Traven mantém o CaêUhuruSelecta, programa com uma hora de duração transmitido pela internet pelo endereço www.planobrock.com.br. A programação traz ao ouvinte vários ritmos e balanços de segunda a sexta-feira, das 15 às 16 horas. A novidade permite participação ao vivo pelo MSN ([email protected]).

Dono de um repertório variado retirado de 1.200 LPs, 2 mil Cds e 32 gigas de pura música discotecável, Caê faz seleção cuidadosamente todos os dias. Seu foco principal está no DUB, ou aquela mistura de versões de ritmos conhecidos, como reggae, atrelados a batidas do psico. Uma espécie de remix que tornam mais dançantes sucessos dos anos 70 e 80.

Noite – Aliás, é justamente esse repertório que o rapaz de apenas 24 anos tem levado nas noites de toda quinta-feira para o Valentino Bar (Rua Marechal Deodoro, 1056, centro). O local abre às 22h, pouco depois começa o Eletro Roots, discotecagem Caê Selector, às 23h30.

COMO FAZER:
• 
Acesse
www.planobrock.com.br (das 15h às 16h) • Abra janela de áudio. Caso não abra clique em canal de áudio. • Você pode ouvir clicando na janela do Windows Media Player. • Se não der certo, tente no canal do Winamp.

(Portal H2FOZ – Alexandre Palmar)

 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.