Abrir-se para o mundo

José Afonso de Oliveira

Levando em conta que temos a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), podemos ter também ousadias propondo inovações fundamentais, exatamente dentro do contexto em que essa universidade está pensada e vem atuando.

Como ela deve funcionar como um polo de integração latino-americano, é preciso que algumas ações possam ser idealizadas e desenvolvidas nesse sentido.

Constituir, por exemplo, um grande centro de estudos latino-americano trabalhando com vários e diferentes campos do conhecimento e das artes, cujos cursos, na sua maioria, são encontrados na Unila. Referido centro seria, como muitos que existem, presencial, mas contaria igualmente com tecnologias para atendimento de videoconferências, blogues…, enfim, por meio das redes sociais teria uma área de abrangência muito maior.

Evidente que esse centro também, das duas formas apresentadas acima, forneceria cursos a distância e presenciais visando a uma maior disseminação de aspectos da cultura latino-americana em seus vários modos, incluindo os destaques dos povos originários que por toda a nossa América Latina são visíveis e muito atuantes.

Da mesma forma, o centro teria uma revista em formato digital para divulgação e troca de experiências e de conhecimentos das várias abordagens de trabalhos que seriam realizados nele.

O centro possuiria uma estrutura própria, na qual a Unila participaria, bem como a prefeitura, governo do Paraná, governos brasileiro, argentino e paraguaio, que determinariam os rumos, os recursos, enfim, organizariam todo o funcionamento do centro de sorte a termos uma maior flexibilidade para as ações que existiriam.

A função primordial do centro seria de duas ordens de ações, sendo a primeira delas revelar os vários aspectos importantes da cultura latino-americana, e em segundo lugar desenvolver um novo pensamento latino-americano partindo exatamente das diferenças culturais existentes.

José Afonso de Oliveira é sociólogo e professor universitário em Foz do Iguaçu.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é repórter do H2FOZ.e-mail: [email protected]Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.