Bom atendimento de saúde

Há não muitos anos, o atendimento de saúde era bastante precário em Foz do Iguaçu. Contando com três hospitais privados, não tínhamos qualquer serviço de transporte de pacientes para atendimentos de emergência a hospitais. Contávamos ainda com poucos médicos, poucas especialidades e praticamente quase nenhuma enfermeira(o) diplomada(o) em cursos superiores.

Tudo isso, felizmente, é passado. Hoje a cidade conta com três hospitais privados e um grande hospital municipal, com todas as especialidades médicas, grande corpo médico e de enfermagem com enfermeiras(os) com cursos superiores instalados e funcionando em Foz do Iguaçu.

Os serviços do SAMU e do SIATE prestam relevantes trabalhos no transporte de doentes e acidentados para as áreas hospitalares de atendimento.

Agora, em plena pandemia, uma ala foi construída em apenas dez meses para o atendimento de pacientes portadores da covid. Assim, os recursos provenientes do governo federal possibilitaram essa construção definitiva para o hospital e para a cidade.

A instalação e o funcionamento de um curso de Medicina na Unila permitiram, de imediato, que no Hospital Municipal fosse criada, já entrando em funcionamento, em plena pandemia, uma área de residência médica, o que possibilita um melhor atendimento para todos os pacientes.

Além disso, alunos do curso de Medicina prestam atendimento de telemedicina e outros tantos no Hospital Municipal, possibilitando um bom atendimento para todos.

Em relação à vacinação da população, à medida que as unidades básicas de saúde da prefeitura passaram a atender e vacinar as pessoas, tivemos um atendimento de excelência, sem filas de espera, com pessoas preparadas para essa necessidade – as quais, com grande presteza e profissionalismo, atendem de uma forma excelente.

Deixamos aqui, claro, o agradecimento a todos os médicos e enfermeiros(as), mas também aos administradores, pessoal de escritório dos hospitais, de manutenção, limpeza e segurança, que estão, neste momento crítico da pandemia, arriscando a própria vida para atender pacientes, da melhor forma possível. 

Vocês são heróis anônimos em horas tão necessárias prestando serviço de alta competência, por isso mesmo nosso MUITO OBRIGADO.

* José Afonso de Oliveira é professor e sociólogo em Foz do Iguaçu.

________________________________

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do H2FOZ.

Quer divulgar a sua opinião. Envie o seu artigo para o e-mail [email protected]