Equipamentos de educação

Incrementar novas formas de desenvolvimento para Foz do Iguaçu é importante neste momento. Foto: Marcos Labanca

Prof. José Afonso de Oliveira – OPINIÃO

Temos a possibilidade de construirmos dois equipamentos de educação em Foz do Iguaçu aproveitando as riquezas naturais que possuímos. Eles são muito importantes como atração turística e poderiam ainda ter uma outra finalidade que seria a utilização para projetos educacionais, melhorando e elevando o nível da nossa educação na cidade.

Construir no Parque Nacional do Iguaçu um orquidário, coletando orquídeas nativas e servindo de base para exposições anuais quando da floração, visitações turísticas e de um modo muito especial para projetos educacionais em todos os níveis para os nossos estudantes.

Esse é um projeto de pouco custo, mas de grande interesse, que poderia ajudar a incrementar o turismo na cidade, ao mesmo tempo em que aprimoraria, substancialmente, o nível educacional de nossos estudantes. Pensar que, inclusive, poderiam ser organizados seminários, congressos, publicações, tudo isso projetando a nossa cidade.

Em conjunto com a Itaipu Binacional, a construção de um aquário municipal para visitações turísticas e, igualmente, para projetos educacionais.

Esse aquário teria apenas peixes nativos dos nossos rios, podendo, inclusive, ter uma interação muito grande com o público, que entraria nele para observar e vivenciar melhor momentos tão interessantes e agradáveis.

A Itaipu Binacional tem um setor bem desenvolvido em piscicultura e pode contatar a Universidade Estadual de Maringá, que já prestou relevantes serviços nesse setor, para que ajude tanto na construção do aquário quanto na sua manutenção e utilização como equipamento turístico e educacional.

Penso que é muito importante poder projetar novos atrativos turísticos que possam ser ligados a aspectos da sociedade local, de sorte que tenham múltiplas finalidades e assim possam permanecer úteis por um tempo bastante longo.

Isso tudo também invoca a questão da ampliação da permanência dos turistas na nossa cidade, criando condições novas para que possamos superar essa visitação turística sazonal por uma permanência maior, no transcurso do ano todo.

Incrementar novas formas de desenvolvimento para Foz do Iguaçu é importante neste momento em que estamos ultrapassando a pandemia para uma nova realidade que está sendo construída.

* José Afonso de Oliveira é professor e sociólogo em Foz do Iguaçu.
________________________________

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do H2FOZ.

Quer divulgar a sua opinião. Envie o seu artigo para o e-mail [email protected]

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Professor Afonso

José Afonso de Oliveira é professor e sociólogo em Foz do Iguaçu. E-mail: [email protected] Veja mais conteúdo do autor.

Professor Afonso tem 0 posts e contando. Ver todos os posts de Professor Afonso

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.