Com covid-19, Foz do Iguaçu tem maior número de mortes em 7 anos

Ainda faltando mais de 100 dias para terminar o ano, foram mais de 2 mil óbitos na cidade. Foto: Marcos Labanca

Doença foi causa de 42,08% dos 2.041 óbitos registrados até o momento.

Ainda faltam mais de cem dias para terminar 2021, mas o número de mortes registradas em Foz do Iguaçu neste ano já é o maior desde 2015. Os dados são do Portal Oficial do Registro Civil, canal de comunicação entre o cidadão e os cartórios do Brasil administrado pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil).

De acordo com as informações levantadas, até esta quinta-feira (16), Foz registrou 2.041 óbitos, superando o total do ano de 2020, quando se teve até então o maior número (1.991) em relação a todos os anos da série histórica iniciada em 2015.

A pandemia da covid-19 é uma das explicações para esse aumento. Somente neste ano, a doença foi causa de 859 mortes – 42,08% do total de falecimentos no município. No ano passado, a doença fez 289 vítimas – 14,5% do total de óbitos registrados na cidade.

Paraná acompanha crescimento

O crescimento do número de mortes não é exclusividade de Foz do Iguaçu. As principais cidades do Paraná acompanham esse cenário e contabilizam os maiores registros dos últimos sete anos. Confira o gráfico:

“O 11 e o 7 de setembro na fronteira”
Guarê – Podcast do H2FOZ

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Vacy Junior - H2FOZ

Vacy Alvaro é repórter e coordenador dos infográficos do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Vacy Junior - H2FOZ tem 101 posts e contando. Ver todos os posts de Vacy Junior - H2FOZ