Domingo de luto para mais duas famílias. E casos de covid-19 continuam em alta, em Foz

Em pleno final de semana, quando normalmente os números da pandemia descem, a covid-19 não mais perdoa: foram mais 377 casos novos, nas últimas 24 horas, e duas mortes, segundo o informe da Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu deste domingo, 7.

O total de casos da doença em Foz subiu para 28.483, dos quais 27.042 pessoas são pessoas que já estão recuperadas.

Dos novos casos, 205 são mulheres e 172 homens, com idades entre 1 e 91 anos. Há 374 pessoas em isolamento e três internadas.

Foz tem hoje tem hoje 210 pessoas internadas e 793 em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves.

A média móvel, nos sete dias até este domingo, atingiu espantosos 307,57 casos por dia. No sábado, 6, a média móvel estava em 282,57.

Mesmo com as medidas restritivas, o isolamento social, em Foz, continua baixo. No sábado, o índice era de 369,90%, mais baixo que nos três dias anteriores. Isso significa que as pessoas continuam saindo de casa normalmente, apesar de muitas atividades não estarem funcionando.

A incidência da doença, isto é, quantas pessoas já contraíram covid-19 em relação ao total de habitantes, está hoje em 11.122 por 100 mil moradores. É o dobro da incidência no Paraná (5.870 casos a cada 100 mil moradores) e superior à média da 9ª Regional de Saúde (10.202 por 100 mil), que abrange outros oito municípios, além de Foz.

A capacidade de atendimento dos hospitais de Foz já passou do limite de 100%. Foto Marcos Labanca

AS MORTES

Os óbitos registrados são de uma mulher de 56 anos, que estava internada no Hospital Ministro Costa Cavalcanti, e um homem de 70 anos que estava internado no Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

O total de mortes subiu agora para 438. O índice de mortalidade (óbitos em relação ao total de casos) se mantém em 1,54%, já que as mortes aumentaram, mas os casos também.

À espera de mais uma vítima da doença. Os coveiros de Foz (e do Brasil inteiro) nunca tiveram tanto trabalho. Foto Marcos Labanca

PARANÁ

Pelos dados de sábado (os de domingo são divulgados mais tarde), o Paraná soma 676.004 casos confirmados e 12.246 óbitos.

A média móvel de casos confirmados, no Estado, é de 4.133 por dia na semana até sexta-feira, 5, um aumento de 36% na comparação com duas semanas atrás.

A média móvel de mortes também aumentou. Estava, até sexta-feira, em 69 mortes diárias, um aumento de 27,2% na comparação com duas semanas atrás.

O total de pessoas vacinadas é de 376.309. O Paraná recebeu 853 mil doses, das quais aplicou 494.854, 376.309 como primeira dose e 118.545 como a segunda.

RANKING

No ranking paranaense, segundo a Secretaria de Estado da Saúde, a regional de Foz do Iguaçu está em primeiro lugar em incidência de casos (10.202, em números de ontem), e é a única em situação de emergência, quando o o índice está 50% acima da incidência estadual.

A regional também lidera no coeficiente de mortalidade. São 144,4 óbitos a cada 100 mil habitantes, enquanto o coeficiente do estado é de 106,3 mortes a cada 100 mil.

Veja os quadros, com dados de sábado:

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.