Hospital Municipal, que atende pacientes pelo SUS, está com 97% dos leitos de UTI ocupados – Foto: Marcos Labanca

Junho chega ao fim com 133 óbitos por covid-19 em Foz; é o 3º mês mais letal

Três mortes e 125 casos da doença foram registrados no boletim desta quarta. Veja infgráficos da evolução da pandemia. 

Uma mulher com 48 anos e dois homens, de 63 e 60 anos, faleceram em decorrência da infecção provocada pelo novo coronavírus, informa o boletim epidemiológico desta quarta-feira, 30. A cidade soma 1.029 vidas perdidas para a doença na pandemia.

Com essas três mortes, o mês de junho chega ao fim com 133 * óbitos por covid-19 no município, o terceiro mês mais letal da doença **, atrás de março (237) e abril (135). A média móvel está em 3,57 óbitos diários, queda em relação a 14 dias passados.

Pelo informe desta quarta-feira sobre a evolução da pandemia, 125 pessoas receberam diagnóstico positivo para a doença nas últimas 24 horas. Os casos ativos são 496, dos quais 356 são de pessoas que devem cumprir isolamento em casa, e 140 estão internadas.

Foz do Iguaçu atinge 40.607 ocorrências da doença, desde o primeiro caso registrado em março do ano passado. Desse total, 39.082 pessoas são consideradas recuperadas pelos serviços municipais de saúde.

A média móvel é de 80,43 casos por dia. Esse número é menor do que o registrado duas semanas atrás.

O Hospital Municipal Padre Germano Lauck está com 97% dos leitos de UTI ocupados, com 68 pacientes nas 70 vagas disponíveis. Na enfermaria, são 38 internações nas 67 camas, o que representa taxa de 57% de utilização.

Acesse o painel do H2FOZ com infográficos sobre a evlução da pandemia em Foz do Iguaçu.

* Conforme a data de lançamento das mortes no boletim diário da Vigilância Epidemiológica.

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1172 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ