Lockdown em Foz: fiscalização interdita dois estabelecimentos e multa 16 pessoas

Denúncias feitas no sábado, 15, por desrespeito às medidas restritivas em Foz do Iguaçu, resultaram na autuação de 16 pessoas – a maior parte dos casos por aglomerações em residências – e na interdição de dois estabelecimentos de venda de bebidas. Uma pessoa foi conduzida pela Polícia Militar à delegacia por desacatar os agentes.

O telefone 199 e a Central 156 receberam 45 denúncias neste sábado (15) de descumprimento das medidas restritivas em vigor em Foz do Iguaçu. Foram autuadas 16 pessoas e dois estabelecimentos comerciais foram interditados porque não poderia estar em funcionamento.

A fiscalização da Prefeitura de Foz do Iguaçu foi intensificada neste final de semana para garantir que seja respeitada a restrição da circulação de pessoas das 18h de sábado às 5h de segunda-feira, com o objetivo de reduzir o número de casos e de internamentos por covid-19.

A principal preocupação o fato de que a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal Padre Germano Lauck, referência no tratamento à doença na região, está 100% ocupada, com pacientes aguardando vaga na unidade.

Denúncia de festa clandestina é apurada pela fiscalização. Foto AMN

O patrulhamento, a fiscalização de estabelecimentos comerciais e a averiguação das denúncias de aglomerações e festas clandestinas são feitos em atuação conjunta da Secretaria Municipal da Fazenda, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Instituto de Transporte e Trânsito de Foz do Iguaçu – Foztrans e Polícia Militar.

As denúncias feitas neste sábado resultaram na autuação de 16 pessoas – a maior parte dos casos por aglomerações em residências, e na interdição de dois estabelecimentos de venda de bebidas. Uma pessoa foi conduzida pela Polícia Militar à delegacia por desacatar os agentes.

Nas blitzes e barreiras sanitárias instaladas pela prefeitura para conter o fluxo de estrangeiros que busca as unidades hospitalares de Foz do Iguaçu sem o devido encaminhamento para a garantia da vaga e também para fiscalizar a circulação de pessoas foram abordadas 417 pessoas, e feitas 15 autuações.

DENÚNCIAS PELO 156

Os próprios moradores denunciam festas e aglomerações. Foto AMN

Além das denúncias feitas pelo telefone 199, a população de Foz do Iguaçu também pode contribuir com a fiscalização da Prefeitura de Foz enviando fotos e vídeos das irregularidades por meio do aplicativo 156 Foz.

É necessário informar a data e o local do descumprimento. Com essas informações, ainda que as equipes não cheguem a tempo de constatar a denúncia, a Secretaria Municipal da Fazenda poderá autuar os responsáveis.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.