Mais 97 casos e duas mortes em Foz. Ocupação de leitos de UTI aumenta em 24 horas

Como em toda segunda-feira, o número de casos de covid-19, em Foz do Iguaçu, é menor que em outros dias da semana. A Vigilância Epidemiológica confirma para hoje, dia 11, mais 91 casos, mas a média diária – 142,85 – continua em alta (ontem, domingo, estava em 138,71), também em alta na comparação com 14 dias atrás.

A Vigilância Epidemiológica registra também mais duas mortes. As vítimas são um homem de 82 anos, que estava internado no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, e uma mulher de 65, internada no Hospital Ministro Costa Cavalcanti.

Com os novos números, Foz totaliza 19.708 casos da doença, dos quais 18.741 são de pessoas já recuperadas. Dos novos casos, 53 são mulheres e 38 homens com idades entre 3 e 82 anos. Cinco dessas pessoas estão hospitalizadas e 86 em isolamento domiciliar.

Entre os casos confirmados, há 95 pacientes internados e outras 575 pessoas em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves de covid-19.

A incidência da doença, em Foz, subiu para 7.696 casos a cada 100 mil habitantes, perto do dobro da média paranaense (4.077). O distrito sanitário Oeste é o que tem a taxa acumulada mais elevada da cidade (9.272 casos por 100 mil habitantes). O centro e os bairros Maracanã, Polo Centro, Monjolo, Bourbon e Yolanda fazem parte do distrito Oeste.

Mas o distrito que está com maior concentração de casos, no momento, é o Leste, do qual fazem parte os bairros Campos do Iguaçu, Panorama e Morumbi (veja abaixo no mapa do calor).

O total de óbitos subiu para 297 (Só em janeiro, morreram 26 pessoas), o que também provocou uma alta na letalidade (mortes em relação ao total de casos), que passou para 1,51% (até domingo, estava em 1,50%, e há duas semanas não passava de 1,46%).

MAIS LEITOS OCUPADOS

Do informe de domingo, 10, para este de segunda-feira, a ocupação de leitos de UTI por pacientes com covid-19 aumentou muito, de 61 para 81 pacientes hoje. A taxa de ocupação subiu de 64,21% para 85,26%.

Já nos leitos de enfermaria, a ocupação diminuiu de 58,11%, no domingo, para 49,95% nesta segunda-feira.

Veja os locais onde ocorrem mais casos no momento, em Foz:

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ.e-mail: [email protected]Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.