Média móvel de casos de covid diminui em Foz. Mas mais duas pessoas morreram

Vacina é esperança, mas ainda é muito cedo pra deixar os protocolos sanitários de lado. Fotos: PMFI e Pixabay

Não dá pra comemorar nem descuidar. Mas a média móvel de casos, em Foz do Iguaçu, está finalmente em queda. Nesta quinta, a Vigilância Epidemiológica registrou que, nos últimos sete dias, a média ficou em 108,14, uma redução em relação há duas semanas.

O lado triste é que mais duas pessoas perderam a vida, por causa do novo coronavírus. As vítimas são dois homens de 64 e 67 anos, que estavam internados no Hospital Ministro Costa Cavalcanti e no Hospital Municipal Padre Germano Lauck. Agora, o total de mortes subiu para 319.

Novos casos

De quarta para esta quinta, houve o registro de 79 novos casos de covid-19, aumentando o total para 21.122. Desse número, 20.262 são pessoas já recuperadas (o índice de recuperação permanece elevado, agora em 95,78%).

Dos novos casos confirmados, 31 são mulheres e 48 homens, com idades entre 1 e 82 anos. Sete pessoas foram para internamento e o restante está em isolamento.

No município, há 115 pacientes internados e 426 em isolamento familiar, com sinais e sintomas leves.

Média móvel

Na quarta-feira, 20, a média móvel de casos dos últimos sete dias estava em 118 por dia, o que indicava estabilidade. Nesta quinta, o número caiu para 108,14, em queda na comparação com duas semanas atrás.

Há uma semana, no dia 17 de janeiro, a média móvel de casos estava em 163 por dia. Mas a taxa de mortalidade era menor, de 1,50%, bem como o número de internados (100).

Uma explicação para a queda é que, na semana passada, ainda havia reflexo das festas de final de ano, principalmente das clandestinas, que reuniam centenas de jovens em chácaras e casas afastadas do centro.  Já esta semana não teve o “inchaço” provocado pela excessiva aglomeração.

Letalidade

Nesta quinta, a taxa de letalidade (mortes em relação ao número de casos) está em 1,51%, ainda abaixo da média no Paraná (1,79%) e no Brasil (2,47%), mas acima da regional de Foz (1,39%), que abrange mais oito municípios.

Já a incidência da doença, em relação à população, está em 8.248 casos a cada 100 mil habitante, mais que o dobro da média brasileira (4.033) e quase o dobro da média paranaense (4.414 casos a cada 100 mil).

A ocupação de leitos de UTI diminuiu, na comparação com uma semana atrás. No dia 14, 80% dos leitos de UTI estavam ocupados; agora, dos 95 leitos para UTI existentes, 67 estão em uso, o que significa 70,53% de utilização.

Em enfermaria, a ocupação aumentou: dos 74 à disposição, estão sendo usados 57, índice de 77,03%. Há uma semana, a ocupação era de 67,57%.

VACINAÇÃO

No grupo prioritário para vacinação, estão os idosos abrigados em instituições de longa permanência. Foto PMFI

No primeiro dia da campanha de imunização contra a covid-19, na quarta-feira, 20, 631 pessoas que compõem os grupos prioritários da primeira fase foram vacinadas. A meta da Prefeitura é aplicar 400 doses por dia e finalizar esta etapa até o final da próxima semana.

Já estão no município 3.193 doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Os primeiros imunizantes são destinados aos profissionais que estão na linha de frente no enfrentamento ao novo coronavírus, idosos em instituições de longa permanência e pessoas acima de 18 anos com deficiências graves que moram em residências inclusivas.

De acordo com levantamento da Secretaria Municipal de Saúde, 1.844 pessoas integram este primeiro grupo a ser vacinado. As doses remanescentes serão direcionadas a outros profissionais da saúde da cidade, conforme ordenamento previsto pelo Plano Estadual de Vacinação.

As autoridades de saúde alertam que, enquanto não houver “imunização de manada”, isto é, quando uma grande porcentagem da população tiver se vacinado contra o vírus, é preciso respeitar os protocolos sanitários. E não se sabe quanto tempo vai levar até que se chegue a essa condição, no Brasil.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1052 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.