Mais iguaçuenses vão para a última morada. Até quando a covid vai continuar matando? Foto Marcos Labanca

Não dá pra relaxar mesmo! Foz tem mais 87 casos de covid-19. E sete mortes!

Na terça-feira, 6, Foz registrou 67 casos novos de covid-19 e uma morte. Parecia que a pandemia já estava controlada. Talvez tenha sido um triste engano.

Nesta quarta-feira, 7, o informe da Vigilância Epidemiológica mostra que, nas últimas 24 horas, 7 pessoas morreram pela doença: três mulheres de 51, 83 e 90 anos e quatro homens de 58, 68, 72 e 77 anos. O número de vítimas fatais subiu para 685.

O aumento das mortes – na média, 6 por dia nesses primeiros sete dias de abril -, fez também crescer o índice de letalidade da doença, de um dia pro outro. Na terça, o percentual de pacientes com covid-19 que iam a óbito estava em 2,11%; agora, está em 2,12%, percentual mais elevado que a média estadual, de 2,04%.

A ocupação de leitos de UTI também aumentou, nas últimas 24 horas, passando para 92,8% na UTI (um dia antes, era de 87,2%). Já os leitos de enfermaria têm índice de 67,42%, ante 70,79% na terça-feira.

CASOS

Com os 87 novos casos das últimas 24 horas, o total em Foz sobe para 32.239, dos quais 31.126 são pessoas já recuperadas. Desses 87 casos, 8 foram para internamento.

Os casos ativos, em Foz, são 428: 265 em isolamento domicliar, com sinais e sintomas leves, e 163 internados. Na terça, a soma dos casos ativos era de 411, com 165 internados.

Mesmo com o aumento de casos de um dia pro outro, a média móvel se mantém em queda. Até esta quarta, a média diária dos últimos sete dias está em 60,57 casos, uma redução de 50% na comparação com duas semanas atrás.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 908 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ