Passou o impacto das 1.000 mortes. Porque já são 1.004, em Foz

Infelizmente, Foz ultrapassou mais uma marca: a de 1.000 mortes. Foto Christian Rizzi/PMFI

Foz do Iguaçu ainda está em luto oficial de três dias, decretado pela Prefeitura em memória aos 1.000 óbitos provocados pela pandemia de covid-19.

Mas  já não são 1.000. São 1.004.

A homenagem deve incluir três idosos (76, 75 e 65 anos) e uma mulher de 47 anos, vítimas fatais das últimas 24 horas.

Houve, também, 95 novos casos. O total passou agora para 40.044.

RECUPERAÇÃO E LETALIDADE

Pra quem se preocupa com o índice de recuperação, ele é elevado, em Foz: 96,1% das pessoas que sofreram o contágio se recuperaram.

Em números: os recuperados somam 38.492 pessoas, do total de 40.044 casos da doença.

Claro que é importante ter um alto índice de pessoas que passaram pela doença e se safaram, muitas sem qualquer sequela.

Mas isso não muda o percentual de óbitos em relação ao total: 2,51% dos que contraíram a doença estão mortos.

Porque há muitos casos; e, quanto mais casos, mais óbitos, inexoravelmente.

COMPARAÇÃO

Em relação aos dados de terça-feira, 22, nesta quarta diminuiu o número de mortos (foram 6, ontem).

Também reduziu a quantidade de casos (de 232 para 95).

Quanto aos casos ativos, quase sem alteração: de 547 para 548.

MÉDIAS MÓVEIS

A média de 102,85 casos diários, na última semana até esta quarta-feira, é menor que a registrada há 14 dias (mas está alta).

Em relação aos óbitos, a média de terça-feira (4,71) diminuiu para 4,14 nesta terça. Números que se mantêm semelhantes aos registrados há duas semanas.

LEITOS NA UTI

A queda na ocupação de leitos é outro dado positivo: diminuiu de 88,8% para 83,2%.

No entanto, o Hospital Municipal Padre Germano Lauck continua com o total de 70 leitos de UTI ocupados. A redução foi no Costa Cavalcanti.

E, nas enfermarias, houve leve aumento, de 56,18% para 57,30%.

CASOS NOVOS

A propósito dos 95 novos casos das últimas 24 horas, a Vigilância detalha que são de pessoas com idades entre 2 e 77 anos.

Entre elas, 89 estão em isolamento domiciliar e 6 internados.

Do total de casos ativos, 385 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 163 estão internadas.

VACINAÇÃO

Para as segundas doses, imunizantes estão garantidos. Foto Christian Rizzi/PMFI

A Secretaria de Saúde informa que, por enquanto, está suspensa a vacinação de pessoas com mais de 45 anos.

Para prosseguir, é preciso que cheguem novas doses. Portanto, está suspenso temporariamente o agendamento on line.

Quem já tomou a primeira dose, pode ficar tranquilo.

As segundas doses (D2) estão garantidas, sem a necessidade de agendamento.

O morador deve ir até a unidade de saúde (onde recebeu a primeira dose) no dia descrito na carteirinha de vacinação.

Isso vale pra idosos, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas, segundo a coordenadora do programa de imunização, Adriana Izuka.

VACINADOS

A Agência Municipal de Notícias informa que em Foz do Iguaçu já foram aplicadas 128.411 doses de vacinas contra a covid-19.

Desse total, 101.148 são da primeira dose e 27.263 da segunda dose.

Ao todo, 51% da população adulta do município estão imunizados com a primeira dose.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1160 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.