Escritora paraguaia que mora em Foz faz campanha de financiamento para livro

Fabiola Eichenbrenner com antologias de contos em que participou com outros autores - Foto: Divulgação

História, fantasia e mitologia guarani mesclam o livro, que é ambientado no período colonial, em algum lugar da Argentina, Brasil ou Paraguai; pessoas físicas e jurídicas podem contribuir.

Desaparecimentos misteriosos assolam uma redução jesuítica em algum lugar na geografia entre Argentina, Brasil ou Paraguai, no período colonial. Após o sumiço de sua família, a jovem indígena Mainumby busca os parentes com ajuda do sacerdote Santiago. Mas a floresta é perigosa e encerra segredos e mistérios.

Essa é parte da narrativa de “Sete monstros”, livro da escritora Fabiola Rios Eichenbrenner, paraguaia moradora em Foz do Iguaçu, que está com uma campanha de financiamento coletivo. Pessoas físicas e jurídicas podem contribuir até o dia 14 de outubro, com o valor mínimo de R$ 15, na opção “Só quero ajudar”.

Clique para saber mais sobre o livro e o financiamento coletivo, e para contribuir.

A autora explica que a ação conta com várias alternativas de recompensas para os apoiadores, a exemplo da aquisição do livro digital, a R$ 25, ou do livro físico e marcador de página, por R$ 55. “Todas estas opções garantem o nome de quem apoiou na página de agradecimentos no final do livro”, afirma Fabiola.

E há a possibilidade de apoios mais amplos, no formato de patrocínio por pessoa jurídica. A opção inclui um kit com 10 ou 20 exemplares da edição impressa do livro, marcadores de página, e também serão incluídos a logomarca e o link para as mídias da empresa na página de agradecimentos.

Capa do livro “Sete monstros”, a ser lançado pela Cartola Editora – Foto: Divulgação

Com 26 anos, a escritora Fabiola Rios Eichenbrenner é moradora iguaçuense desde 2014, quando ingressou no curso de Engenharia Elétrica na Unioeste/Foz. Atualmente, trabalha em uma empresa familiar.

“O valor do orçamento já está assegurado, então a publicação já é uma certeza. Mas ainda restam alguns dias para chegar a mais leitores”, diz a autora. A obra sairá pela Cartola Editora, terá 200 páginas, e a versão impressa contará com capa em brochura. A publicação está em processo de revisão.

História, fantasia e natureza

“Sete monstros” conta com detalhes históricos, mas é compreendido pela autora como uma obra de fantasia com elementos do folclore e lendas. A escritora Fabiola instiga o leitor já ao anunciar que o livro não deixa claro em que espaço fronteiriço a história se desenvolve, pois no “período colonial as fronteiras do Paraguai, Brasil e Argentina não estavam bem delimitadas”.

E, prossegue ela, como quem faz um convite às pessoas que vivem nesta fronteira trinacional, que, além da localização da história, o livro enaltece a cultura e a natureza. “Abarca aspectos históricos de uma parte bem interessante do período colonial, além de enaltecer o folclore e lendas da região, os povos nativos e a fauna e flora da Mata Atlântica”, relata Fabiola Eichenbrenner ao H2FOZ.

Adquirir o livro pós-campanha

O livro de Fabiola chegará aos apoiadores via Correios. Quem não tiver a oportunidade de apoiar a obra durante a campanha de financiamento poderá adquiri-la pelo site da Cartola Editora e na Amazon, tanto em versão física quanto no formato e-book, a preços similares aos da campanha.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Paulo Bogler - H2FOZ tem 1349 posts e contando. Ver todos os posts de Paulo Bogler - H2FOZ