Maracatu Alvorada Nova completa 8 anos de histórias em Foz

Você sabia que há oito anos Foz do Iguaçu conta com um grupo de maracatu, típica manifestação do folclore brasileiro? Coordenado pelo arte-educador e músico Alison Capelari, o Maracatu Alvorada Nova reúne dezenas de participantes e já realizou várias apresentações na cidade, além de outros estados e países.

Parte da trajetória do grupo foi contada por Capelari no programa Marco Zero (produção conjunta do Portal H2FOZ e da Rádio Clube FM). “O maracatu faz parte do candomblé. É uma ferramenta e instrumento de militância”, explica o coordenador.

Nos últimos anos, o grupo também levou um pouco da cultura afro para alunos das escolas da rede pública de Foz do Iguaçu, e o atual desafio é o de arrecadar recursos para a construção de uma sede própria, “A Casa do Maraca”. A ideia é que o espaço seja utilizado para a promoção de encontros e oficinas de dança, música, teatro e pintura, entre outras atividades.

Como ainda há muito o que ser feito na obra, o grupo recebe a ajuda de voluntários para levantar recursos e materiais de construção, como tijolos, telhas e sacos de cimento. Mais informações sobre como doar estão disponíveis nas redes sociais do grupo (https://www.facebook.com/groups/maracatualvoradanova e https://www.instagram.com/maracatualvoradanovafoz/).

Devido à pandemia, os encontros do Maracatu Alvorada Nova (que aconteciam nas terças-feiras, às 19h30, e aos sábados, às 19h, na Casa do Teatro, localizada na Praça da Bíblia) tiveram de ser adiados e ser adaptados para ações virtuais, mas a expectativa é que logo aconteça o retorno das atividades. Confira a entrevista completa:

Vacy Junior - H2FOZ

Vacy Alvaro é repórter e coordenador dos infográficos do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Vacy Junior - H2FOZ tem 56 posts e contando. Ver todos os posts de Vacy Junior - H2FOZ