Músicos de Foz celebram a obra de Pixinguinha no Dia Nacional do Choro

O grupo Chorando em Guarani apresenta show on-line gratuito nesta sexta-feira, 23, com participação especial de Babel.

“São Pixinguinha”. Com essa reverência, os integrantes do grupo iguaçuense Chorando em Guarani apresentam a live em comemoração ao Dia Nacional do Choro, nesta sexta-feira, 23, às 20h. O show on-line e gratuito terá a participação especial do músico Babel, que atua nos palcos de Foz do Iguaçu.

A live poderá ser assistida aqui.

A data coincide com o aniversário de Pixinguinha, artista que deu forma, personalidade e tom ao choro, gênero musical brasileiríssimo. Durante o evento, serão interpretados os grandes clássicos do músico e obras de outros autores relevantes na linguagem do choro e na cultura musical do país.

A homenagem ao choro e a Pixinguinha é organizada há quatro anos em Foz do Iguaçu, pelo Chorando em Guarani e parceiros. A primeira edição, em 2018, foi em praça pública. Agora, o evento precisou ser adaptado devido à pandemia de covid-19, restringindo a programação ao formato on-line.

“Vamos focar o repertório no Pixinguinha, mas tocaremos outros autores, inclusive algo mais moderno”, explica Fabio Del Antonio Taveira, integrante do Chorando em Guarani. “Apresentaremos uma cronologia, começando com Flor Amorosa, que é o primeiro choro, de 1870. Será uma retrospectiva do repertório clássico do choro”, completa.

No portal Guatá, veja a matéria completa e saiba mais sobre a origem do choro e a obra de Pixinguinha.

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Paulo Bogler - H2FOZ

Paulo Bogler é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.