Voos diretos de Foz para Florianópolis, Recife e Belo Horizonte estimulam turismo

Denise Paro – H2FOZ

A proximidade das férias e a retomada de outros voos para Foz do Iguaçu trazem mais uma dose de ânimo ao setor turístico, duramente atingido pela pandemia. Em dezembro, na alta temporada, o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas terá conexões diretas com três destinos: Belo Horizonte, Florianópolis e Recife.

Operado pela empresa Azul, o voo para Florianópolis é o único a ser ofertado diariamente. Os demais voos, para Recife e Belo Horizonte, serão semanais. A informação é do secretário municipal de Turismo, Gilmar Piolla.

Ele adianta que haverá ampliação da frequência de voos para São Paulo, Curitiba, Campinas, Porto Alegre e Rio de Janeiro. No entanto, a volta de mais voos não significa a retomada em 100% da malha aérea. Piolla calcula que o número de voos deve chegar ao patamar de 60% a 65% do que a cidade tinha antes da pandemia.

Para este final de ano, a expectativa no turismo é boa na cidade justamente em razão da volta de voos, fato que vai facilitar a vinda de turistas. Contudo, a disposição das empresas em retomar os voos também depende da demanda, lembra o secretário. “A malha é essencial, e dependendo da demanda pode aumentar.”

Foto: Marcos Labanca

Um dos fatos que têm dificultado o aumento da demanda é o preço da passagem aérea, que ainda se mantém alto, impedindo uma maior movimentação de passageiros.

A expectativa para dezembro também é a volta da linha Foz do Iguaçu-Santiago (Chile), pela companhia JetSmart. No mês que vem, o Chile vai abrir as fronteiras aéreas. Esse pode ser o primeiro voo internacional para o aeroporto de Foz após o início da pandemia. Os voos para Lima (Peru) e Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) ainda não voltaram.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.