Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile relançam candidatura para a Copa 2030

Reunião dessa quinta-feira (16) em Assunção. Imagem: Matías Lammens / Twitter

Torneio marcará os 100 anos do mundial de futebol, disputado pela primeira vez em 1930, no Uruguai.

A Copa do Mundo de 2030, que marcará os 100 anos do primeiro mundial de futebol, poderá ser disputada na América do Sul. Essa, pelo menos, é a intenção dos governos de Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile, que trabalham para o fortalecimento de uma candidatura conjunta. O último torneio no continente foi em 2014, no Brasil.

Nessa quinta-feira (16), representantes dos governos e de entidades esportivas dos quatro países reuniram-se em Assunção, capital do Paraguai, para discutir o relançamento da proposta. A ideia original previa jogos na Argentina e no Uruguai, sendo posteriormente expandida para o Paraguai. O Chile surgiu como o quarto interessado.

“A reunião de hoje é um avanço importante para impulsionar a candidatura conjunta. Com a comemoração dos 100 anos do primeiro mundial, consideramos que seria um grande reconhecimento à América do Sul pela contribuição ao esporte mais popular do planeta”, afirmou o ministro do Turismo e Esporte da Argentina, Matías Lammens, no Twitter.

O Paraguai esteve representado pelo vice-presidente, Hugo Velázquez, e pelo secretário nacional do Esporte, Diego Galeano Harrison. O emissário do governo uruguaio foi o secretário do Esporte, Sebastián Bauzá. Do Chile, participou a ministra do Esporte, Alexandra Vergara, além de representantes das federações de futebol dos quatro países.

No mês de julho, uma nova reunião será realizada em Montevidéu, cidade que recebeu a primeira final de Copa do Mundo da história, entre Uruguai e Argentina, em 1930. No encontro, serão debatidos temas como a divisão das responsabilidades e custos, bem como a eventual quantidade de estádios por país.

A Copa do Mundo de 2022 será disputada no Catar. Já o mundial de 2026 será compartilhado entre Estados Unidos, México e Canadá. Uma das possíveis resistências à candidatura da América do Sul para 2030 é o fato de que a Europa sediou o torneio pela última vez em 2018, o que pode pesar em favor de uma nova edição europeia.

Imagens da final entre Uruguai e Argentina, em 1930

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

Guilherme Wojciechowski - H2FOZ

Guilherme Wojciechowski é repórter colaborador do H2FOZ. E-mail: [email protected] - Veja mais mais conteúdo do autor.

-->