Compras Paraguay esclarece: não houve golpe contra turista brasileiro, mas diferença na taxa bancária

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

O empresário Raian Zein, da loja Compras Paraguay, de Ciudad del Este, pede para que seja publicado um esclarecimento sobre o caso de um turista brasileiro que se sentiu lesado e fez denúncia à Polícia de Turismo, exigindo de volta o dinheiro da compra de dois celulares, no último sábado.

Segundo a loja, o que houve foi uma confusão, pois o turista pagou com cartão de crédito e não levou em conta as taxas cobradas pelo banco, considerando por isso que havia pago mais do que o justo.

Diz nota da loja, publicada no site CDE Hot, que não cobra qualquer taxa extra pelo pagamento com cartão de crédito. O valor a mais foi relativo à cobrança do IOF (Imposto sobre Operações Financeira), diferença no câmbio praticado pelo banco e no comércio paraguaio e ainda ao seguro relativo a valores mobiliários. Com isso, o valor da compra sobe automaticamente 6,38%, conforme autorizam as leis brasileiras, explica.

Ao H2Foz, Raian Zein disse que, inicialmente, a informação de que a loja havia lesado o consumidor brasileiro foi publicada “por um site de fofoca” e acabou ganhando as páginas de “empresas sérias”, e que a Compras Paraguay está processando “quem está postando coisa errada”.

Ao CDE Hot, a Compras Paraguay esclareceu que atua há 15 anos e que não estaria todo esse tempo no mercado se praticasse golpes contra clientes. “Damos produtos com garantia e qualidade. Qualquer insatisfação do cliente é solucionada sempre da melhor maneira. Somos muito conhecidos e todas as acusações feitas são falsas”.

Ainda de acordo com a loja, “quando o cliente voltou ao comércio com os agentes foi tudo esclarecido, explicando-lhes que seu banco é que cobra esta diferença”. Com isso, o cliente “pediu desculpas, não se interessou mais em levar os produtos e devolvemos seu dinheiro”.

Posicionamento

O H2FOZ estará sempre ao lado de compradores brasileiros que, de alguma forma, se sentirem lesados. Mas buscará, sempre, ser o mais fiel possível aos fatos. Com isso, como não houve interdição da loja pela Defesa do Consumidor, retiraremos a Compras Paraguay da nossa “Lista Suja”.

Segundo a loja, caso foi esclarecido com o consumidor, na presença do promotor e dos policiais de Turismo.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.