Estudante brasileiro no Paraguai critica “surpresas” na cobrança de faculdades

Imagem ilustrativa. Foto: Pixabay

A propósito da matéria “Alunos de Medicina de universidade paraguaia são surpreendidos com aumento de 20%”, um estudante de Arquitetura enviou email para agradecer a divulgação “a respeito do que as faculdades aqui no Paraguai fazem com os brasileiros”.

E aproveitou para fazer um “desabafo” sobre outras situações que os alunos enfrentam, sempre uma surpresa a mais para o bolso.

Na hora da matrícula, disse o estudante (não vamos divulgar o nome dele, só o conteúdo do email), nenhum aluno é informado sobre possíveis reajustes e nem sobre os custos que vai ter na hora de uma transferência ou da formatura.

Os brasileiros procuram faculdades no Paraguai por dois motivos: não é preciso fazer vestibular e os custos são bem mais baixos que no Brasil. Quanto a isso, não há dúvida.  Mas os problemas são as “surpresas”, como diz o estudante.

Ele conta que a Unida (Universidade de la Integración de las Americas), onde estuda, cobra 360 mil guaranis por matéria, para entregar a grade curricular (uns R$ 275,00), no caso de transferência, mas só emite o documento após o terceiro período. Com isso, “o valor fica abusadamente sem noção”, diz.

E dá um exemplo. Caso o aluno esteja no 6º período e queira se transferir para uma faculdade no Brasil, vai pagar em média 13 milhões de guaranis (quase R$ 10 mil). E, caso se forme na instituição, a entrega de toda a grade curricular custa em torno de 26 milhões de guaranis (pouco menos de R$ 20 mil), quando em outras faculdades de Ciudad del Este o custo gira entre 2 e 4 milhões de guaranis (de R$ 2 mil R$ 3 mil).

São, realmente, valores altos para quem procura uma faculdade no Paraguai justamente pelos preços que cobra. No caso da Unida, matrícula e mensalidade de Medicina custam entre R$ 1000,00 (1° ao 4° semestre) e aproximadamente R$ 2 mil (6° ano), conforme o site Estudar Medicina (confira aqui).

“Infelizmente as coisas aqui são assim, uma caixinha de surpresas”, conclui o estudante. Importante é que quem pretende cursar uma faculdade no Paraguai tenha conhecimento sobre essas “surpresas”.

Imagem ilustrativa. Foto: Pixabay
Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Já escutou o último episódio do GUARÊ, o podcast do H2FOZ? OUÇA AGORA

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é jornalista e repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ tem 1055 posts e contando. Ver todos os posts de Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

error: O conteúdo protegido !!! Este conteúdo e de exclusividade do H2FOZ.