Governador de Alto Paraná, onde fica Ciudad del Este, também contraiu covid-19

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

Primeiro foi o prefeito de Ciudad del Este, Miguel Prieto, que inicialmente nem acreditava no coronavírus e acabou contraindo covid-19. Agora, quem anuncia estar com o vírus é o governador do departamento de Alto Paraná, Roberto González Vaesken.

O governador deu esta informação nesta quinta-feira, 6, e disse que suspeita ter sido contagiado dentro da sede do governo de Alto Paraná, em Ciudad del Este, por contato com os funcionários, informa o jornal Última Hora.

Segundo o jornal, Vaesken deu entrevista a uma rádio informando que será feita uma desinfecção geral na sede de governo e que vários funcionários se submeterão ao teste de covid-19.

Ele comentou ainda que, de forma preventiva, consumiu Ivermectina, e disse acreditar que o ajudou bastante, já que é obeso e sofre de diabetes.

Vaesken contou também que se submeteu ao teste porque apresentou alguns sintomas respiratórios.

Na terça-feira, 4, quando já estava com o vírus, lembra o Última Hora, González Vaesken manteve reuniões com o ministro da Secretaria de Emergência Nacional, Joaquí Roa, para coordenar a entrega de uma ajuda econômica a cerca de 28 mil pessoas.

Epicentro

O departamento de Alto Paraná, em especial Ciudad del Este, é hoje considerado o epicentro da pandemia no Paraguai.

Até quarta-feira, 5, o Paraguai acumulava 6.060 casos confirmados de covid-19, dos quais 4.839 recuperados e 1.160 ativos. As mortes subiram para 61.

Alto Paraná concentra 2.256 casos fora de albergues, ou 45,7% do total no país. Em segundo lugar está o departamento Central, com 1.422 casos (28,8%), e em terceiro a capital, Assunção, com 662 casos (13,4%).

100% favorável à abertura de fronteiras

O jornal Hoy conta que González Vaesken, mesmo com covid-19, está “100% de acordo” em reabrir a fronteira entre Ciudad del Este e Foz do Iguaçu.

“Nós já propusemos milhares de coisas (para a reabertura), mas nos dão a mínima participação possível”, lamentou, em entrevista à rádio Universo 970 AM.

Segundo ele, não dá pra analisar a situação apenas do ponto de vista sanitário, porque haverá uma comoção social quando as pessoas não tiverem o que comer.

“Com nos fecharmos não vamos so0lucionar nada, só vamos prolongar a infecção. Hoje temos que implementar boas práticas e bom protoclo para abrir sistematicamente as fronteiras. Hoje temos que ser responsáveis todos. O governo tem que fazer sua parte ao investir em saúde e a população em respeitar as medidas”, disse.

O governador criticou o governo nacional porque nunca investiu em Ciudad del Este e só lhe deu “migalhas”, embora a cidade movimente grande parte da economia nacional.

Alto Paraná retrocedeu à fase inicial da quarentena devido ao número de casos das últimas semanas. Junto com o departamento Central, está em alerta vermelho no país (Assunção está em alerta laranja, agora, porque reduziu o número de casos).

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.