Jaguatirica resgatada no Paraguai repovoará reserva na Argentina

Lila foi atropelada em uma rodovia paraguaia quando era filhote; reintrodução à natureza acontecerá nos Esteros del Iberá.

Apoie! Siga-nos no Google News

Encontrada atropelada, ainda filhote, em uma rodovia do Paraguai, uma jovem fêmea de jaguatirica, conhecida como Lila, será reintroduzida ao ambiente natural no Parque Nacional Esteros del Iberá, na Argentina.

Leia também:
Parque das Aves de Foz do Iguaçu consegue nova reprodução de urutau

O trabalho ocorre em conjunto entre instituições como o Refúgio Silvestre Urutaú, de Filadelfia (Paraguai), que recebeu a jaguatirica após o atropelamento; e a Fundação Rewilding Argentina, especializada no processo de reintrodução.

Lila está em quarentena antes do envio à nova casa. Foto: Gentileza/Agencia Télam
Lila está em quarentena antes do envio à nova casa. Foto: Gentileza/Agencia Télam

De momento, Lila está em período de quarentena antes do envio à nova casa, localizada na província argentina de Corrientes.

“Uma vez cumpridos todos os requisitos sanitários, será transferida para o Iberá, onde passará por uma etapa de aclimatação em espaços de transição antes de ser liberada”, informa a Fundação Rewilding Argentina.

Felinos como a jaguatirica estão sendo reintroduzidos na região do Iberá. Foto: Gentileza/Agencia Télam
Felinos como a jaguatirica estão sendo reintroduzidos na região do Iberá. Foto: Gentileza/Agencia Télam

“A chegada de Lila fortalece o projeto de reintrodução da jaguatirica e ressalta a importância da colaboração internacional na titânica tarefa de reverter a crise de extinção de espécies” complementa a organização.

LEIA TAMBÉM