Lado argentino da fronteira terá novos voos para a temporada de verão

Além de trazer turistas, passagens baratas facilitam o acesso de brasileiros a Buenos Aires e outros destinos.

Apoie! Siga-nos no Google News

O ministro do Turismo da província de Misiones, José María Arrúa, confirmou, nesta sexta-feira (2), que Puerto Iguazú e Posadas terão frequências adicionais de voos durante a temporada turística de verão. Com a nova grade, a cidade argentina das Cataratas ganhará mais opções para a conexão com Buenos Aires, Salta e Rosario.

Segundo Arrúa, no período correspondente ao primeiro trimestre de 2023, a companhia Aerolíneas Argentinas terá um total de 41 voos semanais diretos de Puerto Iguazú para Buenos Aires, aeroportos Jorge Newberry (Aeroparque) e Ezeiza. A rota entre Iguazú e Aeroparque é a mais usada pelos turistas argentinos que chegam de avião à fronteira.

Ainda segundo o ministro, de janeiro a março de 2023, serão quatro voos semanais de Iguazú a Salta, importante destino turístico do Noroeste da Argentina; e três para Rosario, terceira maior cidade do país. As outras rotas operadas pela companhia em Puerto Iguazú são para Córdoba, Tucumán e Jujuy.

Além da Aerolíneas Argentinas, o aeroporto de Iguazú recebe aeronaves de outras duas empresas: Flybondi e JetSmart. A duração média de um voo entre a fronteira e Buenos Aires é de 1h50, com tarifas que variam de P$ 15,7 mil a P$ 34 mil (de R$ 350 a R$ 755, considerando o câmbio de R$ 1 por P$ 45 praticado em Foz do Iguaçu).

Para evitar cotações desfavoráveis ou custos adicionais com cartões, uma opção é trocar reais por pesos e fazer a compra diretamente em Puerto Iguazú. A mesma estratégia vale para gastos com hospedagem, passeios e alimentação, com a aquisição antecipada do peso argentino podendo representar importante economia para o viajante.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.