Presidente paraguaio entrega em Ciudad del Este hospital de contingência para covid-19

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

Passada a crise do abre-não abre a fronteira, o presidente Mario Abdo Benítez inaugurou nesta terça-feira, 20, uma série de obras em Alto Paraná, inclusive um pavilhão de contingência para pacientes com covid-19, no Hospital Regional de Ciudad del Este.

O presidente estava acompanhado do vice-presidente Hugo Velázquez e de vários ministros, inclusive o da Saúde, Julio Mazzoleni, e o de Obras Públicas, Arnoldo Wiens.

Em discurso, conforme vídeo divulgado no Facebook da Presidência do Paraguai, Mario Abdo Benítez lembrou o sacrifício por que passou a população de Alto Paraná, em especial Ciudad del Este, com as medidas para conter a covid-19, mas disse que era “obrigação moral (do governo) de cuidar de nossa gente”.

Disse que “o vírus continua sendo contagioso, continua sendo perigoso”, ms foi necessário reabrir as fronteiras para segurar empregos e movimentar a economia.

Segundo Abdo, o país está preparado para abrir a fronteira com a Argentina. “Mas o problema é a Argentina”.

Pediu ao governo de Alto Paraná, Roberto González Vaesken, atenção aos protocolos sanitários, “para manter uma normalidade relativa”.

O presidente referiu-se ao perigo que o vírus representa ao mundo, inclusive a países ricos, como a Alemanha, “que está fechada, a França fechada, a Grã-Bretanha retrocedeu”.

Garantiu que, mesmo com todas as medidas adotadas para conter a pandemia, o Paraguai é hoje o país com o melhor prognóstico em relação ao Produto Interno Bruto, que deverá cair bem menos que na região.

Mario Abdo Benítez elogiou as negociações com o Brasil para reabrir as fronteiras e afirmou que seu país está pronto para fazer o mesmo com a Argentina.

“O Paraguai está preparado para abrir a fronteira com a Argentina, mas o problema é a Argentina, não o Paraguai, disse.

O pavilhão

A agência IPl informou que o pavilhão de contingência do Hospital Regional de Ciudad del Este é o sétimo inaugurado no país, com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Agora, Ciudad del Este dispões de 48 leitos destinados a pacientes com sintomas respiratórios e suspeitas de coronavírus.

Comparação

Mais uma vez, em um ato oficial, o presidente paraguaio lembrou dos tempos do ditador Alfredo Stroessner, de quem seu pai foi secretário particulares.

Ele comparou as obras executadas durante seus dois anos de gestão com as realizadas pela ditadura stroessnista, como destacou o jornal Última Hora.

“Depois do governo do general Stroessner – aí tenho que dizer que não lhe posso ganhar em rota pavimentada, mas no Chaco eu vou ganhar – tenho que dizer que, em Alto Paraná, não vamos ganhar dele, mas na era democrática vamos ser o governo que mais vai investir em Alto Paraná”.

 

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.