Semana começa com chuva, em Foz do Iguaçu. Pode ter até temporais

H2FOZ – Cláudio Dalla Benetta

Fim da secura? É muito grande a probabilidade. A previsão pra esta segunda-feira, último dia de novembro, é de chuva, com possíveis temporais em partes da região.

A temperatura, que já chegou ao limite (ao nosso limite de aguentar), deve baixar um pouco. Não subindo mais, já é lucro.

Dá pra confiar nesta previsão de mudança no tempo porque ela é unânime: CPTEC/Inpe, Climatempo, AccuWeather, Inmet e Simepar dizem que chove na segunda.

E todos também apontam dias chuvosos pela frente. Mas, como não coincidem, não apostamos nada. Um diz que chove terça, quarta e sábado (Simepar); outro, o AccuWeather, prevê tempestades todos os dias, de segunda a sábado. Inclusive, tempestade “forte” na terça, e “intensa”, na sexta-feira.

Para o CPTEC/Inpe, chove na quarta, quinta e sábado; o Inmet diz que a chuva virá todos os dias até quinta (último dia da previsão estendida deste serviço); e o Climatempo, por fim, também vê chuva durante todos os dias da semana.

Conclusão: a tão esperada chuva, que não dá as caras com regularidade há muitos meses, parece mesmo estar voltando ao Paraná, o que pode aliviar a situação de municípios em que já vigora o racionamento de água, inclusive aqui na região.

Usinas com baixo nível

A usina de Itaipu, para garantir a produção normal de energia, foi obrigada a baixar o nível de operacionalidade do seu reservatório. Em períodos normais, o reservatório fica na cota entre 219 e 220 metros acima do nível do mar. Agora, o Conselho de Administração de Itaipu aprovou que o reservatório possa ser rebaixado até a cota de 216 metros.

No caso de Itaipu, as chuvas que caírem no Paraná serão importantes, mas precisa mesmo chover na bacia do Rio Paraná. O nível dos reservatórios das usinas do Sul e Sudeste continua caindo.No Sul, os reservatórios já operam com 19,4% da capacidade, em média.

Cataratas do Iguaçu

Em relação ao maior atrativo de Foz, as Cataratas do Rio Iguaçu, a boa notícia é que vai chover a semana inteira na região de Curitiba. Com isso, deve melhorar a situação das usinas do Iguaçu e, também, das Cataratas.

A vazão nas Cataratas, neste domingo, é de pouco menos de 800 metros cúbicos por segundo, praticamente a metade da registrada em épocas normais. Mas já esteve pior, antes da volta das chuvas na Serra do Mar e na região de Curitiba.

 

Gostou do texto? Contribua para ampliar o jornalismo em Foz do Iguaçu. ASSINE JÁ

Claudio Dalla Benetta - H2FOZ

Cláudio Dalla Benetta é repórter do H2FOZ. e-mail: [email protected] Veja mais mais conteúdo do autor.

error: O conteúdo é de exclusividade do H2Foz.