Evolução dos gráficos nos videogames

Foto: Unsplash
Siga a gente no

Os videogames fazem parte da vida de muitas pessoas e hoje é uma indústria de bilhões de dólares. A cada dia que passa os gráficos dos jogos estão melhores em relação aos jogos antigamente, que possuíam gráficos simples e bem quadrados, sem muitas formas e sem muita interação do usuário. Outro ponto importante de verificar é que as histórias também foram evoluindo, então os gráficos precisavam seguir essa tendência.

Outros Tipos de Jogos

Jogos Online de Caça-níqueis

Os caça níqueis online também são uma grande diversão para quem gosta de aproveitar e jogar online. Assim como os videogames, é possível encontrar diversos tipos de caça-níqueis que também evoluíram bastante com o tempo. Antes, os caça-níqueis eram conhecidos por possuírem bobinas estáticas e símbolos como frutas, o número 7 e o cifrão mas, com o passar do tempo eles se tornaram mais interativos.

Hoje é possível encontrar caça-níqueis com infinitas bobinas, multiplicadores, inclusive com efeitos especiais. As temáticas também mudaram bastante e os gráficos ficaram realistas, assim como aconteceu com os videogames.

Aplicativos

Os jogos para celulares e tablets também foram um desenvolvimento criado por causa dos videogames. A ideia de levar diversão a qualquer lugar é bastante satisfatória e inclusive alguns jogos de videogame foram transformados em aplicativos para celular.

Vale a pena aproveitar as diversas formas de diversão que os jogos oferecem aos seus usuários, com gráficos cada vez mais realistas e histórias fantásticas. Muitos dos jogos de videogame também podem ser jogados online juntamente com outros jogadores, o que torna toda a experiência ainda mais interativa.

Evolução dos gráficos nos videogames

O primeiro videogame lançado foi o Magnavox Odyssey em 1972. Esse videogame ficou extremamente conhecido por ser o primeiro a ter a tecnologia capaz de conectar o console à televisão. A Magnavox, empresa criadora do console, fez um trabalho primordial para a época, mas um pouco datada se fossemos ver nos dias de hoje. Os jogos não possuíam cor e nem som mas, ainda sim eram extremamente desejados e os jogadores amavam.

Um dos jogos mais conhecidos do Magnavox Odyssey pode ser encontrado ainda nos dias de hoje com uma versão mais colorida: O jogo de ping pong era um dos mais famosos e é possível encontrar a versão online hoje em dia. O jogo consiste em um ou dois jogadores movendo barras para acertar a bola. Após o Magnavox Odyssey, o mercado dos videogames explodiu. As empresas começaram a investir para criar seus próprios videogames e também para criar novas tecnologias, que permitissem que um console tivesse mais jogos e que eles pudessem ser coloridos e com som.

Em 1977 o Atari surge para revolucionar as casas de todo o mundo. Os videogames se tornaram o desejo de uma geração, que acompanhava a evolução das marcas, que disputavam pelo mercado. Os gráficos coloridos foram ficando cada dia mais presentes, mas as formas ainda eram bem estáticas. No final dos anos 70 a briga ainda era primordialmente pela quantidade de jogos já que esse era um mundo desconhecido para os usuários.

Em 1985 o Nintendo chegou no mercado com um gráfico mais atualizado e muito mais interativo. O famoso Mário entrou na cartela de jogos e mudou toda a experiência do usuário, que agora conseguia se identificar com os jogos.

Nos anos 90 o mercado de videogames estava em alta com jogos como Mortal Kombat e Donkey Kong Country. Tudo mudou novamente com a chegada do Playstation e esse foi um ponto crucial para os gráficos.

Os jogos de RPG começaram a ter mais procura e também a serem produzidos com mais qualidade. Um dos principais jogos foi o Half-Life, criado em 1998 que possuía um efeito 3D.

Nos anos 2000 jogos como Fifa, The Sims, GTA, Call of Duty e tantos começaram a fazer história, literalmente. Os jogos possuíam algo que não se via com frequência. Era possível aproveitar de uma história quase que real, com personagens que o jogador se identificava e com missões e fases.

Hoje, os jogos possuem um gráfico extremamente realista, o Fifa, por exemplo, retrata de forma quase que perfeita pequenos detalhes de cada jogador, fazendo que sua aparência seja única e seus traços sejam muito individuais.

A jornada ao longo do tempo com o avanço dos gráficos mudou totalmente a experiência dos usuários mas, além dos gráficos, as histórias dos jogos tiveram uma grande “culpa” na evolução dos videogames.

Histórias

As histórias também foram evoluindo e os jogos passaram de jogos estáticos para jogos extremamente emocionantes, onde as decisões dos jogadores mudam a direção do jogo, que várias vezes possuem diversos finais. Os jogos que possuem fases são bem conhecidos e também bastante interativos, sendo talvez os mais jogados no mundo.

Ter uma história por trás do jogo, como dito acima, anima bastante os jogadores e faz com que eles consigam se conectar ainda mais com o jogo. Ter fases também estimula o sentimento de curiosidade e determinação.

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo sem prévia autorização do H2FOZ.

NEGÓCIOS

Esta página faz parte da seção Negócios e não integra o conteúdo jornalístico do H2FOZ.

-->