Programa de Empreendedorismo e Criatividade da Universidade de Harvard inicia projeto de inovação com Grupo UDC – único na América do Sul

Os pesquisadores americanos foram acompanhados pela Reitoria da UDC em todos os encontros.

Apoie! Siga-nos no Google News

O Diretor do Programa de Empreendedorismo e Criatividade da Universidade de Harvard, Sam Magee e as Pesquisadoras PhD. Marina Watanabe e Me. Hanna Davies apresentaram as diferentes faces do programa à diferentes grupos no Centro Universitário UDC e UDC Medianeira: estudantes e suas famílias, líderes empresariais e da indústria regional e do Paraguai, líderes de classes e professores.

Os pesquisadores americanos foram acompanhados pela Reitoria da UDC em todos os encontros. Com foco no incentivo ao empreendedorismo e inovação voltados aos desafios apresentados por líderes empresariais do Paraná e Paraguai, o Pró-reitor prof. Dr. Fábio Prado e esposa Engenheira Pryscilla Prado, amigos pessoais de Sam Magee, estiveram em todos os encontros.

“Todo o incrível impacto disso em nossa comunidade acadêmica é fruto de muito trabalho e principalmente da energia do nosso Pró-reitor. Houve aceitação em todos os encontros do Sam em nossa instituição”. Reitora do Centro Universitário UDC Profa. Rosicler Hauagge do Prado.

O Diretor Sam Magee explica que o Programa em Harvard, combina as ideias de empreendedorismo com a utilização de todos os recursos disponíveis para criar soluções aplicáveis aos desafios encontrados localmente. “Essa é uma ferramenta muito útil em Harvard. Eu adoraria poder compartilhar como eu tenho utilizado a criatividade e o empreendedorismo para formar novos Programas, novas iniciativas e novas soluções para desafios locais. Assim, todos aqui poderão fazer a mesma coisa e poderemos criar uma grande comunidade, uma ponte entre Foz e Cambridge e eu espero, todo o planeta. Esse é o plano!” 

“Entendemos que o mundo de conhecimento e tecnologia em que eles vivem nos Estados Unidos é diferente do nosso. Harvard é uma das, se não a melhor universidade do Planeta. Buscamos essa expertise global para nossa academia. Para os professores, alunos e famílias que confiam em nosso trabalho. Essa integração com as famílias, lideranças e a comunidade regional, é muito especial”. Pró-reitor Dr. Fábio Prado.

O Pró-reitor complementa: “Temos muita energia e vamos focar essa energia em inovação”!

“Estamos muito entusiasmados com o que vem pela frente”. Vice-reitor Dr. Acir do Prado.   

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO E CRIATIVIDADE

O Programa que será implantado na UDC vai combinar criatividade e empreendedorismo de formas inovadoras, para criar mudanças. Levantar novas ideias e novas aplicações para criar soluções e resolver desafios locais. Além de cocriar com parceiros da iniciativa privada, que podem fazer as coisas acontecerem, estudantes, e academia, uma estrutura para criar soluções de desafios locais através de inteligência, que leve a inovação vindo de diferentes grupos.

“Nós queremos ajudar os alunos da UDC a perceber seu próprio poder de criatividade e empreendedorismo para que eles possam encontrar os desafios em suas próprias comunidades, resolvam e também ganhem com isso. O primeiro passo é a criação de um ecossistema de inovação”, relata Magee.

Prado complementa: “Além dos mais de 130 laboratórios que temos disponíveis aos estudantes, teremos mais espaços e mais laboratórios com os temas Inovação e Empreendedorismo.

Alunos do High School. Foto: Grupo UDC.

NETWORKING – SÓLIDO, FORTE E GLOBAL!

A rede de co criação do Programa envolve estudante, líderes e professores, por isso, houveram encontros específicos com cada audiência. 

Primeiramente o Diretor Sam Magee, Hanna Davies, Marina Watanabe e Fábio Prado conversaram com um grupo de universitárias de diferentes áreas do conhecimento de Foz do Iguaçu e Medianeira na UDC Monjolo. Outro encontro foi com alunos do High School dos Colégios do Grupo, na Unidade Anglo Vila A. Dinâmicas realizadas pelas pesquisadoras incentivaram os jovens a levantarem os desafios encontrados em suas realidades e soluções empreendedoras para eles. “Foi uma pequena degustação de como o Programa funciona”, explicou Davies.

Estudantes do High School dos Colégios do Grupo.

No final dos encontros os americanos concluíram que: “há muito potencial e muito anseio dos estudantes do Grupo em participar. Tivemos muito exemplos, muitas ideias incríveis que cabem perfeitamente em nosso Programa”.

Sam Magee e Fábio Prado também apresentaram o Programa a dois distintos grupos de líderes, um em Medianeira composto por representantes da indústria privada, cooperativas de agronegócio, finanças e saúde e hospitais privados.

Em Foz do Iguaçu o grupo foi composto por líderes do Brasil e Paraguai do comércio, indústria, turismo, segurança, conselhos de classe, saúde e órgãos governamentais.

Líderes em Foz do Iguaçu.

“Esses líderes e parceiros da iniciativa privada, são os que podem fazer as coisas acontecerem. São a audiência que pode transformar ideias em ações”, explica Sam.

“Depois das apresentações tivemos excelentes rodas de conversas que nos mostraram que podemos fazer uma diferença muito grande. Durante os encontros, os líderes se mostraram muito interessados. Fizeram inúmeras perguntas, apresentaram seus desafios, e disseram que querem participar dessa história. Sabem que precisamos de inovação para sobreviver”, contou Prado.  

Para fechar o ciclo, a reunião foi com os coordenadores dos Cursos da UDC e dos Colégios do Grupo. “É muita energia, somos milhares de estudantes, centenas de laboratórios e de professores com muita vontade de inovar. Educação é um processo que segue passos. Estamos no melhor e mais seguro caminho”, conclui o Dr. Fábio Prado.

LEIA TAMBÉM

Comentários estão fechados.