H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Por: Denise Paro com assessoria FSF

Campanhas arrecadam alimentos e itens de higiene para comunidades indígenas

Campanhas arrecadam alimentos e itens de higiene para comunidades indígenas
Inicialmente, o objetivo é atender 50 comunidades indígenas das etnias terena, xavante, guarani e kaiowá dos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e do Paraguai. (Foto: Divulgação)

Denise Paro com assessoria FSF

Uma campanha lançada pela Organização Humanitária Fraternidade Sem Fronteiras (FSF) está arrecadando doações em dinheiro para montar kits com alimentos, materiais de higiene e itens de proteção – lanterna, lona, capa de chuva, máscaras, colete, cobertor, termômetro e álcool gel, para as comunidades indígenas. A iniciativa também prevê a perfuração de poços para o fornecimento de água limpa. 

Chamada de Coração Curumim, a campanha incentiva doações a partir de R$ 50 pelo site da FSF ou fisicamente em dois postos de coleta em Campo Grande (MS) e Cuiabá (MT), que recebem alimentos, materiais de higiene e proteção.

Inicialmente, o objetivo é atender 50 comunidades indígenas das etnias terena, xavante, guarani e kaiowá dos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e do Paraguai. 

A FSF conta com apoio e indicação de três instituições brasileiras: Coletivo Terra Vermelha, Instituto Amigos do Coração e Rede de Apoio e Incentivo Socioambiental (RAIS), que já atendem indígenas nas regiões brasileiras e paraguaia. 

A FSF é uma organização humanitária e não governamental, com sede em Campo Grande e atuação brasileira e internacional. A instituição possui 45 polos de trabalho, mantém centros de acolhimento, oferece alimentação, saúde, formação profissionalizante, educação, cultivo sustentável, construção de casas e ainda abraça projetos de crianças com microcefalia e doenças raras.

Paraná 

No Paraná, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi) também recebe donativos e contribuições financeiras para ajudar as comunidades. 

As aldeias situadas na região de Foz do Iguaçu foram duramente atingidas pela covid-19. Na comunidade avá-guarani Tekohá Ocoy, em São Miguel do Iguaçu, a 45 quilômetros da Terra das Cataratas, 78 moradores foram infectados, de uma população de 900 pessoas. O pajé Gregório Venega, 105 anos, morreu vítima da doença. 

Em Itaipulândia, município situado a 70 quilômetros de Foz do Iguaçu, há casos em duas comunidades: na Aty Miri, um total de 100 positivos, em uma população de 185 pessoas; e na Yva Renda, com 22 confirmações, entre 79 moradores.

Para ajudar as comunidades locais, doações de produtos de limpeza podem ser entregues na Rua Trombetas, 47. 

Quem quiser contribuir com valores é só fazer o depósito na conta da Comissão Guarani Yvyrupa:
CNPJ 21.860.239/0001-01
Banco do Brasil
Agência: 3560-2
C/C: 27044-x 

Serviço:
Mais informações sobre a campanha da FSF podem ser obtidas pelo site www.fraternidadesemfronteiras.org.br e pelas redes sociais: Instagram, Facebook, YouTube e Twitter. 


 

X