H2FOZ - Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Chorando em Guarani faz show gratuito no Sesc em Foz 

Chorando em Guarani faz show gratuito no Sesc em Foz 
Apresentação do grupo de choro nesta sexta-feira, 14, é aberta ao público (Foto: Divulgação )

Por Paulo Bogler - H2FOZ 

O grupo iguaçuense Chorando em Guarani faz o show "Centenário Jacob do Bandolim" nesta sexta-feira, às 20h, no Sesc de Foz do Iguaçu. A apresentação é gratuita, aberta para a comunidade. 

Influenciado pela experiência dos chamados "regionais", que marcaram a música brasileira no final
do século 19, o Chorando em Guarani busca difundir a obra de grandes compositores. No palco, 
violões, cavaquinhos, flautas e interpretações de parte importante da cultura musical do país. 

No Sesc de Foz do Iguaçu, o grupo homenageará Jacob do Bandolim, artista que integrou 
a segunda geração de chorões brasileiros, a partir da década de 1940. Ele foi autor de mais de 200 obras, contribuindo para modernizar e difundir o chorinho. 

Além do repertório de Bandolim, o Chorando em Guarani exibirá outros clássicos, como Brasileirinho,
Carinhoso e Tico-Tico no Fubá. A ideia é apresentar o choro em suas diferentes fases. 

Integrante do Chorando em Guarani, Fabio Del Antonio explica a importância da obra e de Jacob do Bandolim. "Como instrumentista, compositor e arquivista, é um personagem muito completo e fundamental para a história da música brasileira", expôs. 

Fabio Del Antonio: "Jacob do Bandolim é fundamental para a história da música brasileira" - foto Carlos Sossa/H2FOZ

"Autodidata, Jacob do Bandolim criou uma nova técnica que deu mais agilidade às palhetadas. Foi virtuoso", explicou Del Antonio. "Além disso, todos os clássicos do choro são tocados pelos regionais a partir das versões de Jacob do Bandolim", frisou. 

O músico iguaçuense também ressalta a contribuição de Jabob do Bandolim para a valorização e a presevação da história musical. "Arquivista metódico, reuniu depoimentos, fotos e partituras. Esse acervo é de valor inestimável, um registro histórico dos maiores cantores e instrumentidastas da época", destacou Fabio Del Antonio.

O Chorando em Guarani é formado por Amauri Copetti (bateria); Anderson Telles, Macarrão (cavaquinho); Fábio Del Antonio (flauta e sax) e Jaime André Schlogel, Pingo (violão de sete cordas).

Chorando em Guarani apresenta o "Centenário Jacob do Bandolim"
Data: 14 de setembro (sexta-feira), às 20h
Local: Sesc Foz do Iguaçu (Avenida Tancredo Neves, 222, Vila A)
Entrada gratuita