H2FOZ - Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Cida Borghetti propõe 1% de reposição para servidores 

Cida Borghetti propõe 1% de reposição para servidores 
Governadora anunciou reajuste em reunião com representantes de sindicatos (Foto: Agência de Notícias do Paraná )

Paulo Bogler 

A governadora Cida Borghetti (PP) enviou projeto de lei foi para a Assembleia Legislativa nesta segunda-feira, 25, em que propõe 1% de reajuste aos servidores públicos do Paraná, conforme a Agência de Notícias do Paraná. Ela havia anunciado a decisão pela manhã, em reunião com integrantes de sindicatos. 

A medida causou indignação entre os representantes sindicais de várias categorias profissionais, que receberam a notícia na mesa de negociação. Servidores do Legislativo e do Judiciário obtiveram recentemente a reposiçaõ de 2,76%.

Diante do comunicado da governadora, os dirigentes sindicais decidiram permanecer no Palácio Iguaçu até a retomada das negociações. Eles estão acampados na sede do governo desde às 10h desta segunda-feira. Os servidores prometem não deixar o prédio até o restabelecimento do diálogo sobre a reposição.

A APP-Sindicato - que integra o Fórum de Entidades Sindicais - fez as contas e diz que o reajuste é quase nada. A reposição apresentada por Cida Borghetti representa aumento de R$ 12,27 na remuneração de um professor PSS que faz jornada de 20h semanais. O funcionário de escola (Agente I) receberá mais R$ 10,15 no salário do mês. 

Cida diz que os técnicos do governo estudaram vários cenários e que 1% é “o índice possível para o momento”, afirmou. O governo apega-se a restrições da Lei de Responsabilidade Fiscal, do Plano de Auxílio aos Estados firmado com o Governo Federal e da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2018, que condiciona reajustes à disponibilidade financeira. 

Conforme os dirigentes sindicais, o Governo do Estado deve aos servidores 11,53% de reposição decorrente das perdas com a inflação dos últimos anos. Para eles, o pagamento esbarra em acertos políticos. “Há dinheiro e há condições legais”, enfatizam.