H2FOZ - Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Filhote de onça-pintada é visto no Parque Nacional do Iguaçu 

Filhote de onça-pintada é visto no Parque Nacional do Iguaçu 
O registro fotográfico da oncinha foi feito nesse domingo (Foto: Robson Gonçalves Rodrigues)

Paulo Bogler com assessoria

Desde o último sábado, 28, uma onça-pintada fêmea começou a ser vista no PNI (Parque Nacional do Iguaçu) acompanhada de um filhote. Conforme informações da equipe do projeto Onças do Iguaçu, as primeiras vezes que a oncinha foi avistada na unidade de conservação foram nesse fim de semana.  

Os técnicos avaliam que o filhote tenha aproximadamente dois meses de vida, baseado-se em seu tamanho. Eles estimam que a mamãe seja a Atiaia, uma fêmea que tem um filhote de dois anos de idade, o Caiuá, que já possui  uma vida independente.

O registro do filhote foi feito por Robson Gonçalves Rodrigues, auxiliar de operações no Parque Nacional do Iguaçu. A fotografia da oncinha foi obtida nesse domingo, 29 de julho, às 14h35, na unidade de conservação.

"As onças-pintadas nascem de olhos fechados e totalmente dependentes das mães. Abrem os olhos com cerca de duas semanas de vida. Até os dois meses de idade e sua única alimentação é o leite da mãe", diz o release enviado à imprensa pelo projeto Onças do Iguaçu, coordenado pela pesquisadora Yara Barros.

Após completarem os dois meses, as onças-pintadas passam a ser alimentadas com carne e com seis meses os animais acompanham as mães para aprender a caçar, informaram os técnicos. 

"Quem visitar o parque e avistar os animais, o ideal é nunca tentar se aproximar. O filhote pode se assustar e nesta fase a fêmea fica bem protetora defendendo sua cria", orienta a equipe do projeto Onças do Iguaçu. "Vamos monitorar estes animais de perto e cuidar para que este pequeno filhote possa se desenvolver e viver seguro". 

As onças-pintadas são uma das espécies ameaçadas que vivem na Mata Atlântica, bioma em que o PNI está inserido. Os pesquisadores acreditam que existam cerca de 300 em toda a área da Mata Atlântica. Este ano, haverá novo levantamento realizado pelo projeto Onças do Iguaçu.

Conforme o senso de 2016, estima-se a existência de 22 indivíduos no Parque Nacional do Iguaçu, população que vem aumentando. Incluídas as onças da Argentina e da região do Turvo, são são quase 100 animais, perto de um terço do total de onças-pintadas da Mata Atlântica.