H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Por: H2FOZ - Paulo Bogler

Foz chega à sétima morte por dengue 

Foz chega à sétima morte por dengue 
Doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti (Foto: Rodrigo Méxas e Raquel Portugal/Fiocruz )

H2FOZ - Paulo Bogler

Um paciente de 53 anos, sem outras doenças simultâneas, é a sétima morte por dengue em Foz do Iguaçu neste ano, conforme boletim da Vigilância Epidemiológica da prefeitura, publicado nesta terça-feira, 12. Ele foi atendido na rede pública no dia 1º. Após piora no estado de saúde, sofreu uma parada cardiorrespiratória.

A epidemia de dengue na cidade atingiu 13.906 casos confirmados e 24.435 notificações, desde o mês de agosto, quando teve início o chamado ano epidemiológico, que terminará no próximo mês de março. O setor de saúde municipal também registra 265 ocorrências da doença com sinais de alarme, além de 39 casos graves. 

A doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti atingiu 8.028 mulheres – o que representa 58% do total de casos – e 5.878 homens, 42% do número de pessoas que tiveram dengue no município. As regiões Norte e Leste registram o maior número de ocorrências, com 3.630 e 3.254 casos, respectivamente.

De acordo com a enfermeira Mara Ripoli, da Vigilância Epidemiológica, os números da epidemia têm diminuído nas últimas semanas. As ocorrências confirmadas nos próximos boletins representam casos leves já curados, os quais estavam represados no sistema de acompanhamento epidemiológico, conforme a Agência Municipal de Notícias (AMN). 

“Os exames [casos leves] não são realizados em período de epidemia. Portanto todos os pacientes que tiveram a forma leve da doença são encerrados no sistema como casos confirmados pelos sintomas clínicos”, informou Mara Ripoli, por meio da AMN.

(Com informações da Agência Municipal de Notícias)

Veja Também