H2FOZ - Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Lar dos Velhinhos pede a sua ajuda: seja voluntário

Lar dos Velhinhos pede a sua ajuda: seja voluntário
Entidade precisa de apoio em serviços de zeladoria, limpeza e lavanderia (Foto: Marcos Labanca)

Por Paulo Bogler - H2FOZ

Após uma enchente em Foz do Iguaçu no início da década de 1980, que deixou muitos desamparados e expôs a fragilidade das condições de vida da população idosa, um grupo de voluntários decidiu ajudar. Eles criaram o Lar dos Velhinhos em 26 de setembro de 1983, há 35 anos. O primeiro atendimento foi em 1986, e a entidade foi oficialmente inaugurada em 1990.

Desde então, a organização é lar e espaço de acolhimento e de atendimento a idosos no município. Os serviços são mantidos com doações, promoções, recursos públicos e trabalho voluntário. Dificuldades na captação de recursos ou na gestão afetam diretamente as condições de funcionamento do Lar dos Velhinhos. É o que acontece hoje. 

Problemas de prestação de contas em administrações que passaram pela entidade levaram à suspensão dos repasses financeiros da prefeitura. Essa subvenção social deveria custear parte do orçamento necessário para o atendimento, principamente com os profissionais. O resultado foi uma grave crise. A direção da entidade, que assumiu em 2017, decidiu recorrer à ajuda da comunidade, convidando as pessoas para realizar serviço voluntário. 

No momento, a principal carência é de pessoal para os serviços nas áreas de zeladoria, limpeza e lavanderia. Em média, o tempo de serviço é de três horas, e não há pré-requisito exigido para as atividades. O Lar dos Velhinhos atende hoje 51 idosos, que se encontram em diferentes condições física e psicológica. 

O Lar dos Velhinhos conta com 26 funcionários, que estão há dois meses sem receber os salários. Três deles estão afastaddos do trabalho por motivos de saúde. Sem previsão de receber as remunerações, alguns cuidadores começaram a paralisar as atividades. 

Busca de solução 

Para voltar a receber recursos públicos, o Lar dos Velhinhos precisa restituir ao município cerca de R$ 120 mil. Nesta semana, recebeu da Sicredi cerca de R$ 60 mil, resultado de um evento promovido pela cooperativa de crédito. Conforme a direção da entidade de atendimento ao idoso, o recurso destinava-se inicialmente para melhorias na infraestrutura, mas os doadores concordaram com a aplicação do dinheiro no saneamento da prestação de contas. 

A equipe de apoio social e marketing do Lar dos Velhinho informou que o coordenador da entidade, Eldes Santos do Nascimento, avalia alternativas para solucionar pendências com a prefeitura para a retomada dos repasses de recursos públicos. 

O custo de manutenção do Lar dos Velhinhos é de R$ 120 mil a R$ 150 mil por mês. O repasse do município era de R$ 60 mil. Com campanhas como a do Troco Solidário, bazar, doações, contribuições esporádicas e de associados, a organização consegue arrecadar aproximadamente R$ 13 mil todos os meses.

Para mais informações sobre como ajudar o Lar dos Velhinhos, ligue para (45) 3527-4014.

Leia mais:

Conheça um pouco da história do Lar dos Velhinhos

Sicredi Saber promoveu palestra com Mário Sergio Cortella em Foz

Filósofo Mario Sergio Cortella faz palestra em Foz 

Administração do Lar dos Velhinhos e prefeitura ainda aguardam decisão judicial