H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Por: Cláudio Dalla Benetta - H2FOZ

Ministério de Saúde do Paraguai apresenta "esboço de protocolo" para reabrir Ponte da Amizade

Ministério de Saúde do Paraguai apresenta
Assunto mereceu cobertura ao vivo da ABC TV, de Assunção. (Foto: Captura de tela)

H2FOZ - Cláudio Dalla Benetta

Depois de uma audiência com o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, o ministro de Saúde Pública, Julio Mazzoleni, apresentou nesta terça-feira, 15, um "esboço de protocolo sanitário" para a reabertura parcial da Ponte da Amizade.

Ainda não há uma data concreta para isso acontecer, segundo o ministro, informa o jornal Última Hora. O protocolo prevê, como já se havia antecipado, a habilitação de um cordão sanitário para a entrada de brasileiros.

Já o jornal ABC Color informou que Mazzoleni disse que vê a aplicação do protocolo sanitário "a curto prazo", mas que não depende somente da Saúde. "É do interesse do presidente que isso aconteça o mais rápido possível", afirmou.

"A ideia geral que estamos burilando tem a ver com uma área específica de Ciudad del Este, que estaria aberta à entrada de pessoas por um período inferior a 24 horas. Isso seria feito com um cordão sanitário, que permitiria o ingresso por questões comerciais", detalhou o ministro.

Será estabelecido um perímetro de segurança, para separar os moradores dos brasileiros que entrarem em Ciudad del Este para fazer compras.

Mazzoleni esclareceu que os paraguaios que voltarem do lado brasileiro terão que obedecer ao protocolo vigente desde o fechamento da fronteira, com a obrigatoriedade de fazerem quarentena nos albergues.

O Paraguai não permitirá a entrada de brasileiros que tenham dado positivo em teste de covid-19 num período de até 14 dias antes.

Ainda segundo o ministro, a data não foi marcada porque falta detalhar "alguns pontos secundários" do protocolo. Falta, também, saber o que pensa o Conselho de Defesa Nacional, que é o órgão responsável pela entrada ou saída de pessoas do Paraguai, nestes tempos de pandemia.

O Ministério de Saúde Pública do Paraguai considerou a possibilidade de criar um protocolo para reabrir a Ponte da Amizade deois que o número de casos de covid-19 e de mortes caiu em Alto Paraná (departamento do qual Ciudad del Este é  capital) por semanas seguidas.

"Apesar de que ainda há um número de casos que não podem ser registrados de maneira correta, estamos trabalhando nisso", disse o ministro.

O anúncio do protocolo sanitário para a fronteira acontece um dia depois de o Paraguai receber o primeiro "voo burbuja" proveniente do Uruguai, retomando assim, de forma tímida, a conectividade aérea, também sob restrito protocolo de segurança sanitária.

Alegria do prefeito

Embora ainda não tenha sido informado oficialmente, o prefeito de Ciudad del Este, Miguel Prieto, ficou contente, ao ser entrevistado pelo ABC Color. "Oxalá que isto ajude e que a economia possa ser reativada o quanto antes", disse.

O governador de Alto Paraná, Roberto González Vaesken, tem audiência marcada com o presidente Mario Abdo Benítez para esta quinta-feira, 17, para discutir exatamente a reabertura da Ponte da Amizade. O governador vai apresentar o protocolo elaborado por médicos do governo de Alto Paraná e profissionais de Itaipu, que também prevê um cordão sanitário para a entrada de brasileiros no microcentro de Ciudad del Este.

X