H2FOZ - Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Parque das Aves participa da atualização da lista de espécies ameaças no Paraná

Parque das Aves participa da atualização da lista de espécies ameaças no Paraná
Trabalho visa monitorar o status de conservação das espécies (Foto: Denis Ferreira Neto/SEMA)

Paulo Bogler com Agência Estadual de Notícias

O Parque das Aves atuará nos trabalhos de revisão da Lista Vermelha de Aves Ameaçadas de Extinção no Paraná. A ação do centro de recuperação e conservação de aves localizado em Foz do Iguaçu será em conjunto com a SEMA (Secretaria de Estado do Meio Ambiente) e o IAP (Instituto Ambiental do Paraná), mediante convênio entre as três instituições. 

No Estado, 169 espécies são consideradas sob risco. Esse número pode variar, já que a última revisão dessa relação aconteceu em 2004. A atualização da Lista Vermelha de Aves Ameaçadas de Extinção tem como objetivo monitorar as condições de conservação das espécies e auxiliar na definição de políticas públicas de preservação dos animais ameaçados. 

O processo seguirá três etapas, começando por uma consulta à comunidade. Para isso, será implantada uma plataforma na internet para que a população possa participar e contribuir. A segunda fase será dedicada ao trabalho científico de análise dos dados, realizada por ornitólogos. Ao final, está prevista a publicação da lista atualizada de aves ameaçadas.

Trabalho reúne Parque das Aves, Secretaria Estadual de Meio Ambiente e IAP - foto Divulgação 

A diretora-geral do Parque das Aves, Carmel Croukamp, destaca a importância da revisão das informações sobre as espécies em risco. “A última atualização foi feita 14 anos atrás, quando o recomendado é revisar a cada cinco anos. Precisamos urgentemente identificar as espécies que mais precisam da nossa ajuda”, frisa. 

Atualização 

As atividades de revisão Lista Vermelha de Aves Ameaçadas de Extinção no Paraná serão coordenadas pelos ornitólogos paranaenses Fernando Straube e Alberto Urben Filho, que possuem experiência técnica e científica nessa área. O processo será mediado e executado pela Hori Consultoria Ambiental.

Conforme Urben Filho, a estimativa é concluir o projeto em nove meses, podendo ultrapassar um pouco esse período. Ele ressalta que o prazo aberto para a consulta pública possivelmente seja estendido. “Até o começo do ano que vem já teremos uma lista definitiva das espécies de aves ameaçadas no Paraná”, enfatiza. 

Lista 

A Lista Vermelha de Aves Ameaçadas de Extinção no Paraná identifica espécies em risco e informa o grau de ameaça. O documento ainda constitui o marco legal para basilar as ações voltadas para a promoção e a proteção das espécies em risco.  A lista subsidia a iniciativa governamental para medidas efetivas de conservação.