H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Por: Cláudio Dalla Benetta - H2FOZ

"Paseros" fazem operação abre-e-fecha da Ponte da Amizade, nesta terça, 10

Concentração na Aduana, que vez por outra se expande para a Ponte da Amizade. (Foto: Evelin Fretes)

Parecia que estava tudo certo, mas ainda falta definir detalhes do acordo assinado na segunda-feira (9), que aumentou de US$ 150 para US$ 300 a cota mensal de produtos que os "formiguinhas" podem adquirir legalmente no Brasil e na Argentina.

Mas, como ainda faltam acertar detalhes do acordo, os "formiguinhs" estão fazendo manifestações seguidas na Ponte da Amizade, interrompendo e liberando o tráfego periodicamente, o que provoca um caos na circulação entre Foz do Iguaçu e Ciudad del Este (e vice-versa).

Para a tarde desta terça, está prevista nova reunião com o governo de Alto Paraná, onde os paseros pretendem atualizar a lista de produtos permitidos para adquirir em Foz do Iguaçu.

Eles querem incluir entre os produtos liberado, entre outros, frango, arroz, azeite, açúcar e embutidos, dentro da cota de US$ 300.

Hoje, produtos agrícolas, açúcar e hortigranjeiros têm importação restringida, mas os "formiguinhas" dizem que a produção nacional não consegue atender a demanda. No caso dos produtos avícolas, a queixa é que há contrabando feito em grande escala, enquanto pra eles a entrada é proibida.

Veja o vídeo da manifestação no microcentro (colaboração de Felipe Provin).