H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Sarau dos Direitos Humanos alia cultura e conscientização

Sarau dos Direitos Humanos alia cultura e conscientização
Gratuito e aberto para a comunidade, evento reunirá música, teatro, poesia e exposições no próximo domingo (Foto: Divulgação )

Por Assessoria  

Arte, cultura, reflexão e conscientização em um só espaço. Essa é a proposta do Sarau dos Direitos Humanos, que acontecerá no próximo domingo, 16, a partir das 17h. Em sua terceira edição, o evento é realizado pelo Centro de Direitos Humanos e Memória Popular (CDHMP), sendo gratuito e aberto para a participação da comunidade. 

No sarau, a entidade iguaçuense promove temas ligados aos direitos humanos e às garantias individuais e coletivas. A programação colaborativa de arte e cultura inclui música, intervenções de teatro e poesia, exposições, além de uma feirinha para a comercialização de diversos produtos. 

Nesta edição, o Sarau dos Direitos Humanos celebrará a música popular brasileira, com show de samba e chorinho do quarteto formado por Jaime "Pingo" Schlogl, Júlio Fornari, Anne-Sophie Bertrande e Thiago Silva. O palco será aberto para outros músicos interessados em apresentar o seu trabalho e compartilhar canções de forma espontânea.

"O sarau é um espaço democrático, aberto para trocas musicais e artísticas, tendo a promoção dos direitos humanos como pano de fundo", explica o artista Jaime "Pingo" Schlogl, que integra o colegiado do CDHMP. 

A programação conta, ainda, com a intervenção cênica "ElisBuarque", esquete da Cia. Teatral Jovens do Futuro. Os participantes do sarau recebem poemas distribuídos aleatoriamente para serem declamados ao público. Exposições de fotografias e literatura completam o espaço de diálogo e interação cultural. 

O evento do CDHMP oferece cerveja artesanal para degustação e venda de chope, petiscos e salgados. A renda obtida com o sarau é revertida para o custeio de atividades da organização de direitos humanos, que não recebe subvenções ou recursos públicos. 

"O sarau, além de ser um momento de integração, promoção da cultura iguaçuense e de reflexão, também é uma forma de arrecadação de recursos", informa o secretário de Comunicação do CDHMP, Amilton Farias. "Essas ações nos ajudam a manter as atividades e manutenção da sede da instituição, de forma independente e autônoma", pondera. 

3º Sarau dos Direitos Humanos
Data: 16 de junho (domingo), a partir das 17h
Endereço: Alameda Batuíba, 146, Vila A
Entrada gratuita

X