H2FOZ - Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Segunda ponte com o Paraguai: edital para projetos básico e executivo é adiado

Segunda ponte com o Paraguai: edital para projetos básico e executivo é adiado
Local para a obra da ponte entre Foz e Presidente Franco, ligação física do Brasil ao Paraguai (Foto: Christian Rizzi/Revista Acifi)

H2FOZ - Paulo Bogler 

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil adiou a abertura do edital para a contratação de empresa responsável pela elaboração dos projetos básico e executivo para as obras de acesso à segunda ponte entre o Brasil e o Paraguai. O aviso de adiamento foi publicado na sexta-feira, 22. 

O cancelamento do lançamento do edital foi feito pela Coordenação-Geral de Cadastro do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), órgão vinculado ao Ministério dos Transportes. O adiamento é sine die, isto é, sem fixação de data futura. 

Os projetos são o primeiro passo para a execução das obras da ponte internacional sobre o Rio Paraná, ligando Foz do Iguaçu (Brasil) a Presidente Franco (Paraguai). A suspensão inclui as OAEs (Obras de Artes Especiais), necessárias para estruturas como pontes, e as aduanas Brasil/Paraguai e Brasil/Argentina, na BR-277. 

O edital para licitação do acesso à segunda ponte foi anunciado pelo ministro Valter Casimiro durante visita ao município em março deste ano. Acompanhado de diversas autoridades municipais, estaduais e federais, Casimiro anunciou um conjunto de obras para a região. 

Durante a agenda do ministro em Foz do Iguaçu, o Ministério dos Transportes ressaltou em nota os benefícios do empreendimento. “Os benefícios diretos são a redução dos custos com o frete e o transporte, trafegabilidade." O investimentos foram estimados em R$ 100 milhões pela pasta.

Na ocasião, o órgão destacou ainda vantagens da segunda ponte entre Brasil e Paraguai para a melhoria da logística de escoamento de produtos, além da redução no tempo de permanência do usuário na rodovia e o aprimoramento da segurança. O ministério ainda frisou que a ponte contribuirá para a integração regional e internacional.

Agenda política 

A construção de pontes entre o Paraguai e o Brasil foi tema tratado em reunião entre o presidente Michel Temer e o presidente eleito do Paraguai, Mario Abdo Benítez. O encontro aconteceu em Brasília (DF) no dia 11 de junho.

Na reunião, o futuro presidente paraguaio apontou a importância de novas pontes para ampliar o potencial de competitividade dos dois países. “A última ponte construída entre Paraguai e Brasil foi há 53 anos, que foi a Ponte da Amizade. É inaceitável que com todo o comércio e oportunidades que temos juntos tenhamos apenas uma ponte”, expôs Benítez.