H2FOZ - Notícias - Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Servidores dos Correios de Foz aderem à greve nacional 

Servidores dos Correios de Foz aderem à greve nacional 

H2FOZ - Paulo Bogler

Os profissionais dos Correios de Foz do Iguaçu decidiram aderir à greve da categoria deflagrada em todo o país nesta segunda-feira, 12. Os trabalhadores estão concentrados em frente ao Centro de Distribuição Domiciliar, na Rua Engenheiro Rebouças. A paralisação envolve os serviços de entrega e atendimento nas agências. 

Conforme o Sintcom (Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná), a paralisação foi aprovada em assembleias realizadas nas principais cidades do estado. De acordo com Luiz Carlos Tibes, diretor da entidade, a adesão à greve em Foz Iguaçu é de 70%; e 30% do efetivo exigido pela legislação foi mantido em serviço.  

A falta de investimentos públicos nos Correios, que pode levar à privatização da empresa, é a principal cobrança apresentada pelos trabalhadores. Eles questionam a alteração das regras do plano de saúde, que prevê cobrança de mensalidade dos beneficiários e aumento do percentual de participação dos usuários em consultas e exames.

O sindicato afirma que a média salarial dos funcionários é de R$ 2,3 mil, enquanto os cargos de indicação política para cargos de alto escalão na empresa ultrapassam R$ 20 mil. “Hoje à tarde faremos uma assembleia com a categoria para definir os próximos passos da greve”, explicou Luiz Carlos Tibes. 

O que diz a direção dos Correios
Por nota, a direção dos Correios afirmou que as mudanças no plano de saúde foram discutidas com a categoria. “Após diversas tentativas de acordo sem sucesso, a forma de custeio do plano de saúde dos Correios segue, agora, para julgamento pelo TST. A empresa aguarda uma decisão conclusiva por parte daquele tribunal para tomar as medidas necessárias, mas ressalta que já não consegue sustentar as condições do plano.”

Categoria realiza assembleia na tarde desta segunda-feira - foto Marcos Labanca/H2OFZ
Servidores concentram-se em frente ao Centro de Distribuição - foto Marcos Labanca/H2FOZ
Greve restringe serviços de entrega e atendimento - foto Marcos Labanca/H2FOZ