H2FOZ - Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Tire suas dúvidas sobre o funcionamento da Uber em Foz

Tire suas dúvidas sobre o funcionamento da Uber em Foz

Paulo Bogler 

H2FOZ faz live com todas as novidades do serviço nesta sexta-feira, às 9h. Assista: www.facebook.com/h2foz.

A Uber começa a operar em Foz do Iguaçu nesta sexta-feira, 23, a partir das 14 horas. O H2FOZ elaborou um guia com dicas e principais particularidades do serviço na fronteira. O carro preto pode cruzar pontes? Quais os valores? Dá para pagar em dólar?

Para ter veículos disponíveis e atender às necessidades dos passageiros nos primeiros dias das atividades, a empresa diz que manterá equipes especializadas para equilibrar a demanda de viagens e a oferta de motoristas. Enquanto isso, a Uber continua selecionando condutores.

Questionada sobre condições especiais de segurança na fronteira, a multinacional informou que nenhuma viagem chamada pela plataforma é anônima, todas são registradas por GPS. Caso ocorra algum incidente, as equipes de apoio podem dar suporte conhecendo as identidades do motorista e do passageiro.

A Uber tem camadas de tecnologia que agregam segurança antes, durante e depois de cada viagem, disse ao H2FOZ André Monteiro, gerente de Comunicação da empresa. Sabemos quem é o motorista parceiro e o usuário, seus históricos e qual o trajeto feito, sempre respeitando a legislação aplicável, em especial o Marco Civil da Internet, frisou.

O que você precisa saber sobre o funcionamento da Uber em Foz

1. Usuário da Uber deve baixar no celular um aplicativo (app) e criar uma conta pessoal. Para chamar o motorista, basta acessar o aplicativo e escrever ou apontar seu endereço no mapa.

2. As operações da empresa na região estão restritas ao território brasileiro: Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu. Acostumados a cruzar as pontes com o Paraguai e a Argentina de táxi, mototáxi ou ônibus, os usuários do transporte por aplicativo não poderão fazer essa travessia com os carros da Uber.

3. Pagamentos em dinheiro serão permitidos apenas em moeda nacional, o real. Não será aceito dólar, peso, guarani, euro ou outra moeda estrangeira.

4. Os valores do serviço da Uber em Foz serão de R$ 2 o preço-base, acrescidos de R$ 1,10 por quilômetro mais R$ 0,15 por minuto. O preço mínimo e a taxa de cancelamento serão de R$ 6. O custo fixo das viagens será de R$ 0,75.


Uber realiza transporte privada por aplicativo - foto Divulgação 

5. Para se cadastrar como motorista, é preciso ter carteira de habilitação com licença para exercer atividade remunerada (EAR). O interessado passa por análise do histórico criminal em bancos de dados públicos de todo o país. Os carros precisam ser cadastrados com a apresentação de Certidão de Registro e Licenciamento de Veículo do ano corrente.

6. Para o usuário, ao chamar um Uber, é possível acompanhar o trajeto do motorista até a chegada ao ponto de partida, o que contribui para a segurança do passageiro. Se o usuário precisa contatar o motorista ou vice-versa, o número de telefone de ambos é mantido em sigilo.

7. O usuário tem acesso à foto e ao nome do motorista, além do modelo, cor e placa do carro. A Uber orienta os usuários a verificar esses dados antes de embarcar.

8. A Uber utiliza ferramenta para verificação de identidade em tempo real, que usa selfies para ajudar a manter a integridade da conta de motoristas parceiros.

9. Ao longo do trajeto é possível compartilhar localização e o tempo de chegada em tempo real com quem o usuário ou o motorista desejarem e o caminho que está sendo feito. Se tiver um perfil familiar, o usuário pode ter acesso pelo celular às informações da viagem realizada por pessoa cadastrada em seu perfil.

10. A Uber aplica a avaliação mútua após cada viagem. Os motoristas precisam ter determinada média, medida pela escala que vai de uma a cinco estrelas.

Uber divulga custo do serviço em Foz

Uber se prepara para operar em Foz

Câmara pode regulamentar transporte por aplicativo