H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Unila perde R$ 14 milhões com corte do governo às universidades federais

Unila perde R$ 14 milhões com corte do governo às universidades federais
["A Unila oferece 1.415 vagas anuais de gradua\u00e7\u00e3o em 29 cursos"] (Foto: Divulgação)

H2FOZ - Paulo Bogler

A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) também foi atingida pelo corte de verbas às instituições federais de ensino superior anunciado nesta semana pelo governo federal. A universidade teve redução de R$ 14,2 milhões em créditos orçamentários.

O valor representa 41,27% dos R$ 34.543.625 do orçamento previsto para o custeio da universidade em 2019. Mesmo sem comunicado formal até o momento, o contingenciamento foi lançado no Sistema da Administração Financeira (SIAFI).

A Unila avalia como a redução de recursos implicará as atividades. “Porém, sabe-se que contratos com empresas e prestadores de serviço poderão ser afetados. A Unila vai trabalhar para que o contingenciamento de recursos não impacte no ingresso de novas turmas”, informou ao H2FOZ a Secretaria de Comunicação Social.

A instituição espera reverter o represamento dos recursos efetuado pelo Ministério da Educação (MEC). “A gestão da universidade vai trabalhar para a liberação integral do orçamento aprovado pela Lei Orçamentária Anual.”

O corte de verbas das universidades e institutos federais brasileiros foi comunicado na terça-feira, 30, pela Secretaria de Educação Superior do MEC. Antes, o órgão pretendia retirar recursos das universidades federais Fluminense, de Brasília e da Bahia.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, justificou assim a redução de recursos às três instituições em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo: “Universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia terão verbas reduzidas”.

Em seguida, o MEC anunciou a redução orçamentária de 30% para todas as universidades federais brasileiras.

Alguns números

Criada em 2010, a Unila oferece 1.415 vagas anuais de graduação em 29 cursos. A universidade mantém cinco cursos de especialização, um Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família e 11 cursos de mestrado aprovados pela Capes/MEC.

Dos 23 cursos de graduação avaliados, 22 deles receberam notas 4 e 5 – em índice que vai de 1 a 5 –, sendo considerados “muito bons” ou “excelentes”. Em 2018, a Unila desenvolveu 123 projetos de pesquisa e 271 de extensão.

X