H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

Unioeste se destaca em ranking das universidades do país

Unioeste se destaca em ranking das universidades do país
Levantamento do Ministério da Educação qualifica os cursos das instituições de ensino brasileiras (Foto: Marcão Oliveira)

Por Assessoria

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) está entre as 29 melhores universidades públicas do Brasil e em 32ª de todas as instituições (públicas e privadas) nacionais, de acordo com os dados do Índice Geral de Cursos (IGC) 2017, disponibilizados nesta terça-feira (18) pelo Ministério da Educação. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) realiza pesquisas anualmente a fim de qualificar os cursos das instituições de ensino do país.

Fazendo um comparativo, o IGC da Unioeste entre 2016 e 2017 teve um aumento de 3,41 para 3,54, mantendo sua média 4. No Conceito Preliminar de Curso (CPC) 31 cursos da Unioeste foram avaliados, entre estes, 28 receberam notas maiores ou iguais a 3. E na avaliação referente ao Exame Nacional de Desempenho do Estudante (Enade), quatro cursos receberam nota 5, Letras (Português/Inglês Licenciatura; campi de Cascavel e Foz do Iguaçu), Ciência da Computação (Bacharel/Foz do Iguaçu) e Matemática (Licenciatura/Cascavel).

Destaca-se ainda o bacharelado em Ciência da Computação que foi avaliado em 5, no Conceito Preliminar de Curso (CPC) e no Enade. No aspecto geral, a Unioeste sobressai entre as cinco melhores universidades públicas do Estado do Paraná, além de assumir o posto de 8 melhor universidade estadual do Brasil.  

“Esta avaliação é resultado da dedicação e do compromisso dos docentes e discentes e servidores da universidade que, apesar de tantos momentos adversos e dificuldades, não medem esforços para oferecer uma educação superior de qualidade, visando uma formação pessoal e profissional em prol do desenvolvimento social, econômico e político das regiões Oeste e Sudoeste do Paraná”, finaliza a pró-reitora de graduação, Elenita Manchope.