H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
Planeta Foz - História
Percalços do Nosso Tempo

Corria o ano da desgraça de 81, ou seja, o décimo sétimo do golpe de 64. Pediram para eu relatar algo desses tempos. Mas para que revolver o passado? Porque do passado extraímos as lições para melhor enfrentar os problemas e preparar o futuro.

Histórias de Foz na Biblioteca Pública do Paraná

Querem saber da história de Foz do Iguaçu? Acessem o site da Biblioteca Pública do Paraná - procurem o sistema de busca e se terá um apanhado de obras raras que ainda não estão ao nosso alcance.

Futebol de veteranos: exemplo nacional

O futebol de veteranos, também conhecido como "futebol masters", é a categoria do chamado "esporte bretão", praticado por aficionados que já passaram da idade (e alguns do peso ideal), mas que jamais deixaram de gostar desse esporte, que é considerado paixão nacional dos brasileiros.

Em busca da história de Foz do Iguaçu

Não existe cidade sem história. Existe história não contada

Consenso estreito

O conjunto de evidências e a justa coerência nos escritos de Pupo-Walquer, fizeram-me contatá-lo, de modos a abraçar essa aliança a favor de Cabeza de Vaca

Com as Cataratas gravadas no peito

Uma das mais antigas pioneiras de Foz do Iguaçu fala sobre a aventura de ter as Cataratas como "propriedade de seu pai" - o primeiro administrador do Parque Nacional do Iguaçu

Campo de Aviação em Foz do Iguaçu

Foi no ano de 1933 ou 1934 que deram início aos trâmites para a aquisição de uma área de terra destinada ao Campo de Aviação de Foz do Iguaçu, afim de levar a efeito o plano de estabelecer uma linha do correio Aéreo militar nesta região, até Guaíra.

Cabeza de Vaca vale o resgate

Álvar Nuñez Cabeza de Vaca está nas apostilas escolares e livros de navegação, mas ainda merece uma investigação mais aprofundada por historiadores brasileiros. Sua participação na conquista da fronteira não está pronta. Quem sabe, possa um dia ser reescrita, a partir da Espanha, de onde ele saiu.

O antigo aeroporto, seu começo e suas histórias
O antigo aeroporto, seu começo e suas histórias

Em 1954, o cenário de Foz do Iguaçu era muito diferente do que é hoje. A cidade limitava-se a poucas ruas, como a Avenida Brasil, na época de chão batido, e a Avenida JK, terminando no Gresfi, o antigo Aeroporto do município.

A cavalgada histórica de Santos Dumont
A cavalgada histórica de Santos Dumont

O antigo caminho de Foz do Iguaçu a Guarapuava coleciona passagens importantes da nossa história desde antes a colonização da fronteira. Uma dessas viagens será revivida para resgatar um capítulo escrito há um século: a cavalgada da comitiva de Santos Dumont rumo a capital do Paraná colaborou para a criação, anos depois, do Parque Nacional do Iguaçu.

Parque Nacional do Iguaçu já teve milhares de moradores
Parque Nacional do Iguaçu já teve milhares de moradores

A largada da cavalgada pela Estrada Velha de Guarapuava também foi marcada por uma homenagem à memória da Vila de Santo Alberto, uma antiga comunidade existente no Parque Nacional do Iguaçu. Eram colonos vindos em sua maioria do Rio Grande do Sul, que vieram em busca de uma vida melhor para suas famílias e se estabeleceram próximo às Cataratas do Iguaçu.

A travessia, o bondinho, o acidente e a enchente, sob o olhar de Joel Petrovski
A travessia, o bondinho, o acidente e a enchente, sob o olhar de Joel Petrovski

Completamos a série como trabalho do repórter fotográfico Joel Petrovski, resgatado pelo jornalista Aluizio Palmar para o Museu da Imagem da Câmara Municipal de Vereadores de Foz do Iguaçu. Os arquivos do fotógrafo, já falecido, colaboram para narrar à história de Foz do Iguaçu. Um dos retratos marcantes, entre muitos, é o da travessia de barcos do Brasil para a Argentina - o bondinho que transportava os passageiros até o cais descarrilado e enchentes do Rio Iguaçu.

Fotos e curiosidades dos tempos da balsa e da construção
Fotos e curiosidades dos tempos da balsa e da construção

A pedido do H2FOZ, o ambientalista, pesquisador e guia turístico Francisco Amarilla Barreto selecionou fotos antigas da época da travessia feita em embarcações pelo Rio Iguaçu e da construção da Ponte Tancredo Neves, além de curiosidades.

Brasil-Argentina: tudo nos une e nada nos separa
Brasil-Argentina: tudo nos une e nada nos separa

Esta breve nota, parte do trabalho “Olhares sobre os 30 anos da Ponte Tancredo Neves” para o portal H2Foz, busca apresentar uma análise que se distancia dos impactos diretos da obra de engenharia e se detém muito mais a questões macro a respeito da união estratégica entre o Brasil e a Argentina. A construção da ponte, neste caso, é interpretada como parte do lento e complexo amadurecimento de uma relação secular entre os dois gigantes da América do Sul.

Uma ponte de transformação, por Ronildo Pimentel
Uma ponte de transformação, por Ronildo Pimentel

O Porto Meira e o conjunto de bairros que formam a região Sul de Foz do Iguaçu é onde ocorreram mais transformações a partir da construção da Ponte Presidente Tancredo Neves, ou Ponte da Fraternidade, como ficou conhecida antes e após sua inauguração. No início dos anos 1980, a então Rua General Meira, única via de acesso ao porto de mesmo nome no rio Iguaçu, único acesso à municipalidad de Puerto Iguazú, na Argentina.

O balanço sucessivo da Ponte Tancredo Neves
O balanço sucessivo da Ponte Tancredo Neves

A Ponte Tancredo Neves é resultado dos esforços de brasileiros e argentinos em todas as etapas do empreendimento. Os dois países estiveram juntos na elaboração do projeto, escolha do local, mão de obra, financiamento. A construção começou em 13 de janeiro de 1983, com término em 29 de novembro de 1985. Ou seja, um tempo relativamente razoável de três anos.

Oscar Alliana, um hermano brasileiro
Oscar Alliana, um hermano brasileiro

Ele nasceu em Puerto Iguazú em 1936, quando a cidade ainda se chama Puerto Aguirre, mas mora em Foz do Iguaçu desde 1962. Nos seus 79 anos de vida, alternou residência entre as duas cidades e até hoje mantém laços afetivos e profissionais em ambos os lados da Ponte Tancredo Neves. Esse homem é Oscar Alliana, casado com Ilza Ramheier e pai de André, Enrique e Eduardo.

Puerto Iguazú, uma vizinha sedutora
Puerto Iguazú, uma vizinha sedutora

Ela é pequenina, tem cerca de 80 mil moradores, mas se revela bastante atraente aos milhares de visitantes que recebe todos os anos. Vizinha a Foz, Puerto Iguazú tem seus encantos que chamam a atenção dos habitantes da “Terra das Cataratas” e dos turistas, os quais cruzam a Ponte Tancredo Neves todos os dias rumo ao município argentino.

Bomba atômica, local, aduanas e desenvolvimento
Bomba atômica, local, aduanas e desenvolvimento

Considerado um dos principais defensores da construção da Ponte Tancredo Neves, o empresário iguaçuense Sérgio Lobato Machado faz uma leitura de episódios que marcaram o antes e o depois do empreendimento. Ele resgata a comissão mista, o medo dos argentinos com a bomba atômica Itaipu Binacional, a polêmica para a escolha do lugar, o afastamento das aduanas e o desenvolvimento da região.

X