Guilhermina Pastorello, a poetisa das Cataratas, mãe de 11 filhos

São muitas recordações: “A gente se banhava na região do Porto Canoas. Depois, fazíamos piqueniques, churrascos e confraternizações em datas importantes, como o Dia das Mães”.