H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Professor Afonso

O conhecimento no mundo atual

(Foto: Pixabay)

* José Afonso de Oliveira

Até muito recentemente ainda era possível viver, e bem, sem deter um conhecimento mais aprimorado. Conhecemos e convivemos com parentes próximos, vizinhos ou mesmo conhecidos que viveram essa realidade.

Atualmente isso é impossível, pois o conhecimento passou a ser uma ferramenta muito importante para bem vivermos em sociedade, termos uma determinada profissão e podermos conquistar estabilidade para progredirmos.

Esse fator é muito recente na humanidade, pois se observarmos notaremos que foi somente nos últimos 500 anos que as sociedades expandiram o letramento entre os seus cidadãos, chegando agora ao ponto de termos muitas sociedades nas quais o analfabetismo é inteiramente desconhecido, para o bem de todos.

Mas conhecimento custa muito caro, há um determinado tempo para ser adquirido, exigindo também uma disciplina e um método próprio para cada área específica.

"Para o Brasil avançar a novos patamares, são necessários – e mesmo fundamentais – altos investimentos na educação para todos".

O que já temos hoje são fórmulas muito eficientes para adquirirmos conhecimento, utilizando instrumentos informatizados. Além disso a educação a distância permite formas de aprendizagem muito eficientes para determinadas profissões, sem a necessidade de prédios, laboratórios, bibliotecas etc., permitindo assim uma enorme expansão do conhecimento para inúmeras pessoas.

Assim, à medida que a nossa sociedade vai modificando-se ultrapassando etapas de um trabalho rotineiro, repetitivo, estamos entrando em novos momentos de trabalho em que a ocupação anterior foi informatizada, mas o surgimento de profissões e processos de trabalho exigem pessoas capacitadas.

Se pensarmos só na própria informática, inúmeros novos empregos foram criados no mundo inteiro, absorvendo pessoas, jovens ou não, homens e mulheres que, em comum, detêm um conhecimento bem avançado, no caso, na área de informática.

Para o Brasil avançar a novos patamares, são necessários – e mesmo fundamentais – altos investimentos na educação para todos, como sendo essa talvez a maior obra a ser realizada agora, cujos frutos já serão colhidos na própria década – mas, sem dúvida alguma,

muitos mais no futuro, com todas as transformações que iremos viver e que ainda não temos a menor ideia de tudo aquilo que nos aguarda.

Para melhor compreendermos, basta pensarmos que muitos de nós vivemos quando ainda não existiam celulares.

José Afonso de Oliveira é sociólogo e professor universitário em Foz do Iguaçu.